12 Pensamentos que não ajudam

Imagem: Maminklub

Quantos pensamentos você tem todos os dias?

Bem, quantificar isso não é algo fácil, mas alguns pesquisadores tentaram fazer uma aferição e estima-se que podemos ter de 12 a 80 mil  pensamentos por dia.

Muitos pensamentos aparecem sem você convidá-los, são os pensamentos automáticos e muitas vezes você nem está consciente sobre eles.

Além da quantidade e da maneira que eles surgem é importante entender a natureza dos pensamentos e seus efeitos.

O que você pensa sobre você, sobre o outros, sobre o futuro ou a vida, pode determinar como se sente, como se comporta e afetar profundamente seu bem estar, sua qualidade de vida.

Entre tantos pensamentos podemos ter as distorções cognitivas, ou seja, aqueles pensamentos que não te ajudam, são exagerados e irracionais.

Confira e veja se você tem ou já teve algum desses pensamentos.

1.Pensamento do tipo eu deveria e eu devo.

São ideias exatas de como você e outros deveriam comporta-se e superestima quão ruim é que essas expectativas não sejam preenchidas.

Por exemplo:

Meu namorado deveria saber o que me deixa irritado.

Meu supervisor deveria ser mais legal.

Eu deveria prever que isso iria acontecer.

Não devo cometer erros.

2.Pensamento do tipo tudo ou nada

Esse pensamento é chamado também de preto e branco, polarizado ou dicotômico. Quando a pessoa vê uma situação em duas categorias em vez de em um contínuo.

Por exemplo, se eu não for um sucesso, eu sou um fracasso.

Se meu trabalho não ficar perfeito, meu esforço não valeu nada.

3. Catastrofizando

É prever o futuro negativamente sem considerar outros resultados mais prováveis.

Esse pensamento também é chamado de adivinhação.

Por exemplo, ficarei tão aborrecido que não serei capaz de agir direito.

4.Desqualificando ou desconsiderando o positivo

Dizer para si mesmo que experiências, atos ou qualidades positivos não contam.

Talvez você fez um bom projeto, mas não percebe o quanto é competente, apenas acha que teve sorte.

5. Argumentação emocional

Você pensa que algo deve ser verdade porque você sente, de maneira muito convincente ao ponto de ignorar ou desconsiderar evidências contrárias.

O que você sente é verdadeiro, mas os pensamentos que vem dessas emoções precisam ser analisados com cuidado.

6. Rotular

Colocar rótulos global e fixo sobre si ou os outros sem considerar os fatos.

Por exemplo, pensar que uma pessoa não presta sem considerar evidência que poderia conduzir a uma conclusão menos desastrosa.

7.Magnificação/Minimização

Quando você avalia a si mesmo, outra pessoa ou uma situação, você magnifica irracionalmente o negativo ou minimiza o positivo.

Exemplo: Receber uma nota medíocre prova quão inadequado eu sou. Obter notas altas não significa que eu sou inteligente.

8.Filtro mental

Também denominado abstração seletiva, quando você presta atenção indevida a um detalhe negativo em vez de considerar o quadro geral.

Exemplo: Você vendeu um mesmo produto para 10 clientes, 9 ficaram muito satisfeitos e te agradeceram. Um cliente reclamou e desqualificou seu produto. Então você se sente mal e acha que aquele produto não é de fato tão bom.

Você já teve também experiências onde fez muitas coisas boas para uma pessoa e entre tantas coisas algo não saiu como ela esperava e você foi julgado por isso?

Pois bem, isso acontece quando o filtro mental está ativado e a pessoa acaba desconsiderando todos os aspectos positivos e filtrando apenas a parte negativa.

Deixe nos cometários algo sobre isso.

9. Leitura mental

Você acha que sabe o que os outros estão pensando, falhando assim ao considerar outras possibilidades mais prováveis.

Ex: Ele está pensando que eu não sei nada sobre esse projeto. Ele está pensando que eu estou gorda.

10. Supergeneralização

Tirar uma conclusão negativa radical que vai muito além da situação atual.

Exemplo: Esse casamento não deu certo, se eu casar novamente não dará certo também.

11. Personalização

Acreditar que os outros estão se comportando negativamente devido a você ou que você é responsável por acontecimentos que participou sem considerar explicações mais plausíveis para o seu comportamento.

Exemplo, o filho prestou um concurso e não obteve a classificação esperada, a mãe pensa que cometeu algum erro na educação dele, que se tivesse feito tudo certo, ou algo diferente o filho seria aprovado.

12.Visão em túnel

Ver apenas os aspectos negativos de uma situação.

O professor do meu filho não sabe fazer nada direito. Ele é critico, insensível e ensina mal.

Conhecendo essas 12 distorções cognitivas você pode identificá-las quando surgirem na sua mente. Esse é o primeiro passo para lidar melhor com pensamentos que não te ajudam.

Busque também evidências para seus pensamentos ou simplesmente deixe que eles se dissipem sem conceder poder a eles.

Talvez você não tenha distorções de pensamento, mas alguém pode estar sofrendo com eles. Sabendo que nossos pensamentos determinam a forma como nos sentimos e nos comportamos, contribua com outras pessoas compartilhando esse texto.

Obrigada!!

Vânia Alves

SHARE
Apaixonada pela vida, busca promover bem estar e qualidade de vida para as pessoas.
É psicóloga, palestrante, idealizadora das páginas Ansiedade ok; trabalha como psicoterapeuta individual com a terapia cognitiva.
Atuação como psicóloga clínica desde 2015, formada pela Fundação Educacional de Araçatuba-SP
Palestra
Ø Sua vida em equilíbrio, equilibrando suas emoções!
Clínica Trevisan
Av. Luiz Teixeira Mendes, 2205- Zona 5- Maringá
(44) 99154-2393

CRP- 08/25485
Últimas vagas de Empregos