Ameaça não é mimimi

Do SindijorPR:

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná, com o apoio de profissionais, estudantes e representantes de movimentos feministas e sociais, participou segunda-feira de um protesto em frente à Rede Independência de Comunicação, em Curitiba, em solidariedade à jornalista Giulianne Kuiava, que foi ameaçada de morte pelo ex-noivo e também jornalista, Denian Couto. Ambos trabalham na RIC. Couto pediu afastamento do trabalho e Kuiava está de licença.

A ameaça ganhou repercussão após a veiculação de uma matéria no The Intercept Brasil, no dia 28 de março deste ano, em que foi divulgado um áudio com as intimidações recebidas pela jornalista. A direção da RIC não tomou uma atitude de imediato, tratando o tema como um mero problema particular dos dois profissionais.
A jornalista Daiane Andrade participou do ato por acreditar que este tipo de situação não pode ser “varrida para debaixo do tapete”. “É preciso olhar para este caso com atenção, pois ele envolve várias esferas dos crimes de gênero. Não dá para aceitar que uma jornalista ameaçada de morte esteja trabalhando no mesmo ambiente que a pessoa que a ameaçou. Além disso, este caso serve para mostrar que ela não está sozinha e que não iremos nos calar”, comenta. Leia mais.

(Foto: Joka Madruga)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>