Avenida é bloqueada

A avenida Franklin Roosevelt, no Jardim Alvorada, foi interrompida há pouco para o que se supõe ser um protesto por causa da morte de um motociclista de 26 anos, que no final da tarde de ontem bateu a Yamaha YRZ R6 contra a traseira de um Fiat Dobló que estava estacionado.

“Ontem um motoqueiro morreu aqui. Foi imprudente? Foi, mas cadê a prefeitura?”, perguntava um rapaz com a camiseta do Corinthians. O idealizador seria o motorista de um Mercedes-Benz preto. A Polícia Militar foi acionada por conta do bloqueio da avenida, com muitos veículos parados.

PS – O bloqueio foi feito primeiramente numa pista, e depois, há cerca de 10 minutos, nas duas pistas. Não há nenhum agente da Semob nem da PM no local, o que indica que o suposto protesto não foi comunicado às autoridades.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Avenida é bloqueada

  1. A moto era furtada, estava sem licenciamento, o suicida não tinha habilitação, os pneus estavam carecas, a via é sinalizada para 60 km/h, o suicida bateu a 150km/h num carro estacionado. E a culpa é de quem mesmo?????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>