Inabilidade e inexperiência

De Reinaldo Azevedo (foto):

Para não variar o padrão destas duas primeiras semanas, o governo Bolsonaro conseguiu deixar as digitais da inabilidade e da inexperiência até mesmo em um episódio que não lhe dizia respeito.

A Polícia Federal, subordinada a Sérgio Moro, ministro da Justiça e da Segurança Pública, chegou a despachar um avião para Santa Cruz de La Sierra. Para quê? Pra nada. Gasto inútil de combustível e de recursos humanos. Era só parte da disputa pelos despojos de Cesare Battisti. Não deu certo. Restou ao governo, por intermédio do Itamaraty e do Ministério da Justiça, emitir uma nota de satisfação pelo ocorrido. O mesmo fez Bolsonaro por meio das redes sociais. O presidente brasileiro não vai conseguir ser fotografado com o peixe na boca, como pretendiam os mistificadores nas redes sociais.
Aliás, quem tomou a presa de Jair Bolsonaro, prometida quando ainda candidato, foi Michel Temer ao decretar a extradição de Battisti depois que o ministro Luiz Fux, do Supremo, cassou uma liminar que ele próprio havia concedido, em 2017, e determinou, no dia 13 de dezembro do ano passado, a prisão do terrorista italiano. O mais curioso: quando Fux concedeu a medida cautelar, decidiu que a palavra final sobre o habeas corpus que impedia a extradição seria do pleno do Supremo — vale dizer: do conjunto dos ministros. Uma das especialidades de Fux, no entanto, é mudar as decisões de… Fux. De maneira monocrática, sem submeter a questão a seus pares, cassou a própria liminar, mandou prender Battisti e anunciou que o italiano ficaria à disposição de Temer para eventual extradição. O então presidente assinou o decreto no dia seguinte, 14 de dezembro. Battisti já havia dado no pé.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

4 pitacos em “Inabilidade e inexperiência

  1. ESTE REINALDO NÃO DEVE SER BRASILEIRO. GOSTA DE TUDO QUE É MALDADE. ATÉ OS SEUS COMENTÁRIOS. DEFENDA O BRASIL E OS BRASILEIROS HONESTOS AO MENOS UMA VEZ CARA . COMENTE SOBRE O REGIME DA VENEZUELA QUE OS PETISTAS EMPRESTARAM UM MONTE DE GRANA. DAS FALCATRUAS ANTERIORES. NÃO ADIANTA VIR COM COISAS NOVAS SE VOCÊS DEIXARAM O PAIS NUMA SITUAÇÃO INSUPORTÁVEL.

  2. O Reinaldo tá dizendo a verdade,em duas semanas de governo,o que vimos foi uma cagada atrais da outra da outra,hoje fala uma coisa,amanhã ele desmente.Alguem tem que avisar ele que a campanha já acabou.

  3. Muita inexperiência,…..inexperiente em conchavos, em roubar o dinheiro público, em nomear toda a currutela partidária (como fez o PT), inexperiente em defender bandido e molhar a mão de emissoras de televisão e jornalistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>