Projeto aprovado

Depois da Sociedade Rural de Maringá, que poderá captar até R$ 4.026.235,86 em recursos pela Lei Rouanet, a Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura autorizou o Centro Universitário de Maringá (Unicesumar) a captar até R$ 1.933.080,00 pela mesma lei nº 9.874/99.

Os recursos autorizados (mediante doações ou patrocínios) são para o projeto Ofuc Itinerante, que prevê apresentações da Orquestra do Unicesumar em cidades de outros estados brasileiros.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

2 pitacos em “Projeto aprovado

  1. Como disse em outra ocasião, a hipocrisia da classe empresarial é algo realmente fantástico. Instituições cujos donos (associados no caso da Sociedade Rural), bem como a maioria esmagadora dos funcionários, professores e alunos enchiam o peito para criticar a concessão de incentivos fiscais para projetos culturais agora vão passar o chapéu e tentar levantar quase seis milhões de reais para sua bandinha de música e seu museu . Gostaria de saber se nesse caso os músicos são remunerados e em quais cidades devem ocorrer essas apresentações, como será esse museu e se os objetos lá expostos será doados ou comprados porque realmente é muita grana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>