Edson Cardoso no Ipplam

O arquiteto Edson Luiz Cardoso Pereira, 61, vai assumir a presidência do Ipplam – Instituto de Pesquisa e Planejamento de Maringá -, substituindo a Celso Saito.

Ex-presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá, Cardoso chegou a ser anunciado secretário de Planejamento no início da gestão Ulisses Maia.
Nascido em Bilac (SP), arquiteto e urbanista formado pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), em 1981, trabalhou em Novo Hamburgo (RS) até 1983. Integrou a equipe de arquitetos da prefeitura até 1987 e participou de projetos como o do paço municipal municipal e do centro de convivência comunitária. É proprietário da ECP Planejamento e Projetos Ltda.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

10 pitacos em “Edson Cardoso no Ipplam

  1. nereu vidal cezar diz:

    E uma das melhores nomeacoes ja realizada pelo Prefeito Ulisses Maia. O Arquiteto Edson Cardoso, alem de competente e muito trabalhador, conhece bem a area, e, com certeza ira realizar um grande trabalho em favor na nossa Cidade. Parabens.

  2. Conheço pouco, mas os comentários de gente da área sobre ele não são lá muito favoráveis Concordo com o q já disseram aqui: algumas pessoas vão continuar a mandar no planejamento urbano de Maringá.
    Será que o Edson Cardoso adotará o tal MASTERPLAN como seu planejamento para Maringá?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>