Operação Eros prende coronel

O coronel da reserva da PM Antonio Sergio Marsola, coordenador de segurança da Usina Hidrelétrica de Itaipu e ex-chefe de gabinete da Prefeitura de Bauru (SP), está entre os presos hoje pela Operação Eros, que apura a venda pela internet de medicamentos de uso controlado ou proibido.

A operação para desarticular a quadrilha é realizada pela Policia Civil nos estados do Rio de Janeiro e Paraná. Foram presos em Maricá (RJ) Bruna Medeiros Boechat e Paulo Jardel Cavalcante Espíndola e Flávia Conceição e o coronel Marsola em Foz do Iguaçu.
Entre os remédios apreendidos estão abortivos, estimulante sexual, ansiolítico, rebite usado por caminhoneiros, inibidores de apetite, anfetaminas, anabolizantes e antibióticos.A polícia acredita que a quadrilha atuava desde 2006 e movimentava pelo menos R$ 150 mil por mês. Os indiciados vão responder por tráfico de drogas, crimes contra a saúde pública e lavagem de dinheiro, segundo Thaiana de Oliveira, da Band News.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

2 pitacos em “Operação Eros prende coronel

  1. A Itaipu Binacional já emitiu nota informando que o Coronel Atonio Sergio Marsola não faz parte do quadro de funcionários daquela empresa.
    As redes de TV do estado já noticiaram a nota da binacional nos telejornais do almoço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>