Sema confirma remoção ilegal de árvore e multa responsável pelo corte

Fiscais da Secretaria do Meio Ambiente e Bem Estar Animal confirmaram a remoção irregular de árvore da espécie sibipiruna em frente a um estabelecimento comercial na avenida Kakogawa, 1.701, divulgada ontem pelo blog.

Estima-se que a árvore tinha cerca de 20 anos e estava sadia. Não havia registro de problemas com a árvore, de sanidade ou risco de queda, no serviço 156 (Ouvidoria Municipal), que faz a triagem de reclamações sobre a arborização ou outras demandas de responsabilidade do município. O veículo da Guarda Municipal que aparece na foto foi ao local a pedido de morador, que denunciou o corte ilegal da árvore.
Agentes da GM fizeram um auto de constatação, posteriormente encaminhado à Secretaria do Meio Ambiente. O responsável pelo corte foi multado em R$ 2 mil e em 30 dias deve providenciar o plantio de outra sibipiruna no local, sob pena do valor da multa dobrar. Importante esclarecer que, apesar da existência de lei (10510/2017) permitindo a contratação de empresa para a realização de poda, corte e remoção de árvore, nenhuma ainda se cadastrou na Prefeitura de Maringá para a execução desse tipo de serviço, conforme exigência legal. A empresa que fez o corte e remoção da árvore de forma irregular será notificada sobre as condições previstas na lei para execução desse tipo de trabalho. Caso seja reincidente, o que ainda não foi constatado, receberá multa de R$ 2 mil.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

8 pitacos em “Sema confirma remoção ilegal de árvore e multa responsável pelo corte

  1. O proprietário sabe que a multa é muito baixa e cortou sabendo do valor irrisório já prevendo a multa e que uma nova árvore vai demorar muuuuiiiito tempo para crescer. A multa de 2.000,00 é baixa demais. Devia ter multa alta e processo por crime contra o meio ambiente com prisão do responsável.

  2. Estes que cortam, depois procuram a arvore do vizinho para colocar seu veiculo na sombra. a multa teria que ser no mínimo R$ 10.000,00. Estes que cortam só pensam no dinheiro e não no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>