Prefeito retira projeto que propõe taxa para substituir o Funrebom

Em nota divulgada há pouco, o prefeito Ulisses Maia determinou que projeto propondo a substituição do Fundo de Reequipamento do Corpo de Bombeiro (Funrebom), cuja cobrança foi extinta Supremo Tribunal Federal, pela Taxa de Proteção, Ação de Socorro e Redução de Riscos e Desastres, fosse retirada da Câmara de Vereadores, onde foi protocolado na segunda, 8.

Os recursos oriundos da taxa financiariam atividades da defesa civil e do Corpo de Bombeiros. Ulisses Maia reafirma que em seu governo não serão criadas taxas ou impostos – e o realinhamento de tributos sempre seguirá os índices oficiais da inflação, ou seja, os valores serão apenas atualizados, mas nunca aumentados.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

5 pitacos em “Prefeito retira projeto que propõe taxa para substituir o Funrebom

  1. Esse ta fazendo uma m…..atras da outra, ontem assistindo a sessão da camara percebi que teve um vereador que até ontem lambia o Prefs, que ja começou a fazer aquilo que pode acontecer em breve. Ou o Prefeito começa a fazer obras e mostrar serviço ou vai tomar pau tendo uma boa oposição na camara. To avisando prefeito e quem avisa amigo é.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>