Loja de calçados usa número e slogan de Bolsonaro em propaganda

Sacada de marketing, propaganda eleitoral irregular ou simplesmente de mau gosto? A Jorrovi Calçados entrou na campanha eleitoral apoiando Jair Bolsonaro (PSL) oferecendo 17% de desconto aos clientes e usando seu slogan de campanha.

“Que tal 17% de desconto em todo nosso site até dia 30/09. É isso mesmo, a Jorrovi Calçados está com essa super promoção. Chega de produtos que custam uma facada! Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!”, diz o anúncio feito nas redes sociais.
A empresa é de Paranavaí, tem lojas em várias cidades e pertence a João Roberto Viotto, queé vice-presidente para Assuntos do Comércio da Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí, entidade que já presidiu. A propaganda deve acabar na Justiça Eleitoral.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

30 pitacos em “Loja de calçados usa número e slogan de Bolsonaro em propaganda

  1. Um.empresário desse quilate é muito tapado mesmo: ele sobrevive de clientes, e não de eleitores do candidato A ou B.
    Eu, por exemplo, não entro mais lá.
    Ele não precisa do dinheiro de quem não vota no candidato dele, simples assim.

    • Jorrovi comercio de coxinha? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Perdeu ao menos seis clientes aqui em casa. Não voltamos mais lá…Decisão infeliz em um momento de tensão política, com grande adesão de mulheres contra o referido candidato. Empresa não deve se meter abertamente em política; o comerciante pode, mas de forma reservada e em meio ao seu grupo e família.

  3. Vivemos numa democracia não? Então qual é o problema da loja se manifestar como ela quiser?, notícia mais sem sentido, parece falta de assunto e de extrema falta de respeito.

  4. Expressando o direito e liberdade de escolher quem quiser, e mais quem acha que é irregular não chia quando o Lula aparece em rede nacional abrindo aquela boca imunda.

  5. É uma grande bobagem, iguais aquelas que esse tal de candidato fala,não sabe fazer outra coisa,a não ser pregar a violência, o ódio,o racismo,e muito mais.Muita calma !!!escreva o que você pensa, não pense no que o outro escreve!!! Viva a PAZ…

  6. O PT colocar o nome e foto do presidiário em tudo que é propaganda pra induzir os incautos pode, empresário dar 17% de desconto não pode? tem gente achando que estamos em Cuba, Venezuela ou Coréia…

  7. Precisando, comprei, compro e comprarei os artigos que oferecem e que são ótimos, atendimento excelente, diversidade de produtos, gerente com classe e acessível. Gosto dessa Loja.
    Interessante: essa gente fala que deve respeitar o direito do outro, que estamos numa democracia, etc. Mas quando não lhes agrada, vem com toda a imundície, com todo o mimimi sujo. Falam até em extorquir dinheiro. Ofendem e não estão nem aí. Ai se alguém, usando do seu direito de expressão, não cair no gosto deles!
    Gente, deixe de ser azeda.
    Leiam o Livro “Cântico dos Cânticos”; é o mais pequenino da Bíblia, umas nove páginas. Leiam. E andem mais leves e amorosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>