Bye bye, Cheng-Pong

E o Cheng-Pong circula hoje com seu milésimo e último número. Na despedida, Kaltoé escreveu:

“Amigos, desde 28/2/1999 quando começamos o Chen-Pong já foram quase 20 anos. Por isso o Cheng estará se aposentando neste número 1.000. Nada mais justo, após circular semanalmente trazendo um pouco de bom humor aos amigos do Bar União e depois para inúmeros outros parceiros, gratuitamente, nesses anos todos, que aposentar.
Nunca visamos lucro, apenas guardar o universo rico de cultura popular que são os botecos.
Caso alguém pensar um dia em fazer uma tese sobre o assunto, nao existe em lugar nenhum do mundo tamanha riqueza de pesquisa como tem no Cheng.
Queremos agradecer a vocês que estiveram conosco ajudando com suas colaborações, principalmente aos amigos que, com seus anúncios, custearam as cópias distribuídas gratuitamente por ai. Não dá para nomear todos pois foram muitos nesse período e sem eles não teríamos chegado até aqui. Obrigado!
Fizemos uma edição dupla, frente e verso, repetindo o número 1. E viva o humor!”.
O milésimo número está aqui e as edições anteriores, aqui.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

2 pitacos em “Bye bye, Cheng-Pong

  1. Que pena. Vou ter de recomeçar as leituras dos antigos Cheng-Pong…
    De toda forma, obrigado, Kaltoé, pelas boas risadas que me proporcionou com as tiradas ‘chengponguianas’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>