O discurso é bom, já a prática…

Por mais que a governadora Cida Borghetti venha insistindo que uma de suas metas é o combate aos malfeitos, como diria uma ex-presidente da República, sempre fica a impressão de que o discurso lhe é quadrado.

A começar dos assessores que estão denunciados pelo Ministério Público por improbidade, incluindo dois de seus principais secretários, que estão com os bens bloqueados pela justiça, um em mais de uma ação civil pública. Sem contar o marido e governador de fato, que tem contas a prestar à própria Justiça Eleitoral, impugnado que foi pelo Ministério Público Eleitoral.
Para mostrar que discurso e prática não combinam, eis que a coordenadora de sua campanha na região de Campo Mourão é a prefeita de Farol, Angela Maria Moreira Kraus (PSDB), que no ano passado ganhou as manchetes ao ser denunciada ao Gaeco e quando tornou-se pública a compra superfaturada de alimentos (aqui).

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

2 pitacos em “O discurso é bom, já a prática…

  1. infelizmente todos os políticos todos mesmo fazem politicas em beneficio próprio para cada dia ficarem mais ricos e satisfazerem o próprio ego nós o povo fica em decimo plano e nesta época de eleição isso fica cada vez mais evidente eles os políticos tem solução pra tudo nas campanhas mas quando estão la nos mandatos não fazem nada e vira um ciclo vicioso prometer e não cumpri e quem paga o pato somos nós os trouxas que elegem sempre os mesmos ou familiares deles!!! ACORDA POPULAÇÃO

  2. lindo, mais lindo mesmo foi Cida Borghetti almoçando junto com Rafael Greca no restaurante popular, beijando pobre, abraçando pobre, posando para fotos…

    A cena era tão surreal que até agora estou pensando se ela mesmo aconteceu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>