Falta árvore na calçada

“Ali deve morar gente muito, mas muito influente”, diz leitor, a respeito da falta de árvores no passeio público em quadras das ruas Papa João Paulo I e dos Gerânios, no entorno de um condomínio.

O mesmo leitor pede que a Semusp estude a possibilidade de tratar aquele trecho como se ele fizesse parte da cidade e plantasse árvores naquelas extensas calçadas.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

8 pitacos em “Falta árvore na calçada

  1. Não sou morador do local, mas sou das redondezas. É um absurdo alguém do poder público municipal plantar árvores nesse passeio, já viram a largura do mesmo? Para com isso…Precisamos de mais árvores é nas margens do rio Pirapó e em outros córregos. Por falar nisso alguém já notou a burrice que fizeram no prolongamento da Av. Arq. Nildo Ribeiro da Rocha? Passem por lá é deem uma olhada. Plantaram árvores nos dois sentidos das calçadas, embaixo da rede elétrica e da iluminação pública (pra cidade ficar mais escura ainda) e no canteiro central da via onde é o único lugar que deveria receber as mudas, não foi plantada nehuma. Triste se não fosse verdade.

    • Exato … e, se tem de um lado, não haveria a necessidade de se ter de outro lado … o que, aliás, na minha humilde opinião, deveria ter árvore somente do lado da rua onde NÃO tivesse posteamento … claro que onde existe poste somente de um lado da rua … do outro … árvores … Ou, melhor ainda … projeto de lei para enfiar as rede elétrica por baixo da terra … vai enfiando aos poucos … dá muito bem para ter uma cidade sem esses emaranhados de fios … dá prazo de 20 anos … sei lá … e nos loteamentos novos, obrigatoriedade de enfiar tudo por baixo … afinal, custo nesses lugares é que não é o problema, afinal, os caras ganham fortunas com loteamento …

  2. Essa gente anti-ecológica, tem apoio da SEMUSP e Meio Ambiente, pois essas secretarias conhece o local com falta das árvores, até nisso existe esquema!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>