Respingos na campanha

A nova CPI do Transporte Coletivo, que para muitos acontece em momento inapropriado, poderá abalar a campanha ao Palácio Iguaçu?

Pode ser, acredita quem tem dúvidas sobre dois pontos que, embora não façam parte da justificativa de criação, poderão eventualmente ser checados.
Primeiro: a troca de mensagens entre o atual secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná, Silvio Barros II (PP), quando este era prefeito da cidade, com um advogado que recentemente fez delação premiada.
Segundo: cobrar da governadora Cida Borghetti (PP) o motivo de seu governo não ter contemplado Maringá com o subsídio com o qual contempla o transporte coletivo da capital do estado.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

2 pitacos em “Respingos na campanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>