Vamos abortar a ideia…

…de legalização do aborto. A derrota da proposta de legalização de aborto no Senado da Argentina, é um má noticia para as defensoras de descriminalização, que na prática é o mesmo que legalização, em discussão do STF.

Aborto é assassinato de uma vida, ou melhor, de um corpo que foi preparado e já está com o Espirito reencarnante. É um crime hediondo, sem chance de defesa e guardadas as proporções, seria o mesmo que assassinar os desempregados, para a acabar com a fila do desemprego, ou de doentes do Sus, resolver o problema de atendimento. Aborto, vamos abortar essa ideia.
PS: Uma sugestão para quem não está contente com o filho gerado. Converse diariamente com ele. Diga que não o quer, que não será vem vindo. Insista, pode crer, ele está ouvindo tudo que você diz. Pode ser que atenda e aborte espontaneamente. Não sei se aceitará passivamente. É possível que você arranje um inimigo, um obsessor feroz. Mas também ele perceber que você não será uma boa mãe e resolva esperar outra oportunidade, com quem realmente o deseje.
Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

12 pitacos em “Vamos abortar a ideia…

  1. Sua religião não deveria se misturar com a escolha de uma pessoa que não tem nada a ver com você. Você não tá pagando nada pra ela e você não vai ajudar ela a criar essa criança. A descriminalização do aborto não tem a ver com a religião, mas tem a ver com cada mulher tendo o poder de escolher seu próprio futuro.

    • Digo o mesmo, Anônimo, como pode uma pessoa (a grávida) querer decidir sobre a vida de outra pessoa (a criança)? E nem venha dizer que o nascituro não é pessoa, pois se não fosse não teria direito à alimentos, à receber doação e herança, como assegura o Direito. Aborto é ontologicamente crime contra a vida e ponto. Fora disso é mera especulação filosófica e interesseira. Sem falar o quanto os pró-aborto são massa de manobra de instituições internacionais, multibilionárias que patrocinam “a causa” em toda parte. Só olha o caso argentino, que só entrou na pauta por que o FMI impôs a aprovação do aborto como condicionante para deferir empréstimo ao governo Macri; e os coitados de lencinho verde achando que era por causa do “ativismo” deles!!!

  2. Contribuinte indignado diz:

    Já que estão pensando em liberar o aborto, que venha também a pena de morte, afinal se um inocente pode perder a vida, com mais motivo também um vagabundo também pode!

  3. Na Argentina prevaleceu o bom senso, nada pode justificar um assassinato, porque é isto o que é feito na prática. Tem vida sexual ativa, cuide-se, hoje falta de informação ou dinheiro não é mais desculpa, outras situações? tem sempre uma opção, jogar no lixo ou matar no ventre não é a melhor delas. A desgraça do empoderamento feminino esta corroendo o cérebro dessa mulherada.

  4. Com certeza quem defende o aborto, só pode ter ligação com a prostituição, a lei que tem no Brasil, tá de bom tamanho, use camisinha ou pilula do dia seguinte, aborto jamais

  5. Já existe a legalização do aborto em nosso pais, em 3 casos, quando a gravidez representa risco a vida da mãe, quando o feto não tem cérebro e em caso de estupro quando a vitima não quer levar a gravidez adiante. Tirando esses 3 casos sou totalmente contra.

  6. Nao querem comer ovos de tartaruga,mas pode matar um sr inocente.Temos por dia no Brasil,165 assassinatos,mas nao temos Seguranca nenhuma, e vai aumentando este indece. Temos tantos problemas com criancas morrendo sem socorro, estamos com problemas de desemprego, SAUDE,seguranças Seguranca alimentar,com poderes corruptos,mas insto nao e problema,o que que fazer e aprovar o aborto,que o Brasil voltar ao normal em tudo.Estamos no fundo do poço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>