Comitê suprapartidário

Dissidentes do Podemos se preparam para organizar o comitê suprapartidário em Maringá.

Elizeu Chociai que participa hoje em Curitiba, no escritório da coordenação geral, da reunião do grupo de gestão de relacionamento com os partidos, já convocou os filiados dissidentes do Podemos de Maringá e região para acompanharem Ratinho Junior na Acim, nesta noite.
Edson Campagnolo, um dos pré-candidatos a vice na chapa de Junior, confirmou presença no evento.
Na foto, Valdemar Bernardo, presidente estadual do PRB, o vice-presidente do Podemos estadual Elizeu Chociai, o gestor público Lindolfo Junior, a presidente estadual do Avante Marisa Lobo e o empresário Edson Campagnolo.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

16 pitacos em “Comitê suprapartidário

    • Amigo do Regina Mundi diz:

      Esse é o nosso líder desde os tempos de coligido.
      Ninguém esquece o deputado que acabou com a aposentadoria dos políticos e abriu mão da sua. Isso é exemplo. Valeu lindolfo você tem história comoadre.
      Se você tá nessa eu to junto

  1. O Podemos de Maringá parou. Depois da saída do Carlão, o Podemos de Maringá sumiu do mapa, não soubemos mais nada do partido que vinha se destacando na cidade, se há dissidência estão mais do certos pois política se faz em grupo e não isolados como está a nova diretoria do Podemos de Maringá.

    • Basta uma conversa rápida pra gente perceber o conhecimento em gestão pública Lindolfo jr tem. É sem duvida um dos caras mais preparados que eu já conheci. Mas como ele não concorda com trambicagem acaba ficando isolado.
      Infelizmente na política tem 99% de tranqueira e são exatamente eles que decidem.

  2. luiza f. nascimento diz:

    Até tenho simpatia pelo Lindolfo, provavelmente herança do tempo em que acompanhava seus programas de rádio.
    Mas fico intrigada ao ver jornais e blogs apresentando-o insistentemente como gestor público.
    O que propriamente ele geriu ou gere no setor público.
    Pelo que me lembro, foi vereador e deputado estadual. Depois disso perdeu algumas eleições. Então, talvez por ignorância minha, não entendo o porque de gestor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>