O preço que incomoda

Leitor não entende o que está acontecendo com o preço do gás de cozinha em alguns revendedores em Maringá.

“Há 60 dias dias paguei R$ 75,00 e agora já está chegando a R$ 105 em algumas distribuidoras. Não me recordo de elevações superiores a 30% no montante geral do preço do gás”, escreveu. O Procon o informou que estão fiscalizando.
“É um absurdo ver uma pessoa idosa como observei na fila da distribuidora sendo submetida a pagar mais de 10% de sua aposentadoria em um gás, sendo que nas cidades vizinhas o preço é 40% inferior”.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

13 pitacos em “O preço que incomoda

  1. CARTEL, AQUI EM MARINGÁ ESTA ASSOCIAÇÃO DE REVENDEDORES DE GÁS E COMBUSTÍVEIS, IMPLANTARAM UM GIGANTESCO ESQUEMA DE PREÇOS, PRA TER UMA IDEIA O GÁS NO MUNICÍPIO DE ROSANA EM SÃO PAULO CUSTA R$ 55,00 e e 200 KM MAIS LONGE QUE MARINGÁ,. PROCON TÁ DE OLHO? PRA QUE? POIS NÃO FISCALIZA NADA, SO PRA INGLÊS VER. TEM QUE ENTRAR A POLICIA FEDERAL AI ACABA COM ESTA MÁFIA QUE ESTA INFILTRADA EM MARINGÁ. EU NÃO COMPRO MAIS GÁS AQUI. NÃO GOSTO DE SER ROUBADO.

    • Bom dia, esse relato do preço abusivo que relatei ao Rigon constatei ontem ao ligar ma karingas da avenida kakogawa, mediante essa movimentação já temos relatos que o preço foi para $ 80.00 gostaria de saber como altera esse preço tão rapidamente mediante uma fiscalização ?

  2. Primeiro nóis brigo por 20 centavos no preço da passagem de busão em Sampa , e tamem não ter copa ,agora nóis num vai ficar briganno por causa de um aumentinho do gais não ,tamos fora dessa …

  3. Não sou empresário, mas é uma coisa que nao entendo. Não é a lei da oferta e procura? A tempos atras, nao tinha tomate a venda e os unicos que tinham tomate pra vender, vendia o preço super inflado e nao tinha gente reclamando. Nao seria o mesmo caso do gás? Se ta faltando no mercado, é natural que os comerciantes que tem, subam absurdamente o preço.Ta reclamando do que? Compra quem quer, ué.

    • Vc é dono de uma revendedora de gás?
      No mínimo vc acha corrupção normal….
      Vc não consegue enxergar o crime contra o sistema econômico?
      Péssimo seu comentário….

      • Não sou dono de nada, sou funcionario e nem é de revenda de gás. É uma duvida que tive e que faz sentido, ué. Não é a lei da oferta e procura isso? Se eu tenho um negocio que ninguem tem, logico que vou meter os preços nas alturas!

        • Lucas. Que Deus te abençoe.
          Mas vá estudar, vá se aperfeiçoar, precisamos de pessoas inteligentes e honestas no nosso país. Tanto o gás de cozinha como o combustível são fabricados pelo monopólio de uma empresa pública e são produtos de necessidade da população, não podem ser explorados pelo capitalismo selvagem.

        • Que pensamento deplorável, mesquinho, egocêntrico, pobre e tomara que não chega a ser dono de nada mesmo, senão será mais uma porcaria por ai explorarando as pessoas.

  4. Meus parentes pagavam há dois meses 55,00 em São Jorge do Ivaí e eu em Maringá 80,00. No segundo dia da greve dos caminhoneiros, a revendedora ainda tinha um bom estoque, pedi o gás e paguei 95,00. Ou pagava ou o rapaz levava de volta. Tenho o comprovante, mas adianta reclamar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>