Aposta na falta de memória

No final de semana teve peemedebista participando de carreata em apoio aos caminhoneiros, na avenida Colombo, em Maringá, e destacando no microfone que a governadora Cida Borghetti aplaude o movimento.

O PMDB maringaense brigava até recentemente por cargos no governo do colega Michel Temer, tendo como interlocutor o marido da governadora, abrigado por quase dois anos como ministro da Saúde. Por mais que tentem, Barros foi sim ministro do governo ‘Tem que manter isso, viu?’.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

6 pitacos em “Aposta na falta de memória

  1. OS POLÍTICOS DEVERIAM FICAR QUIETINHOS EM SUAS CASAS. CHEGA DE DEMAGOGIA BARATA. ANTES DO MOVIMENTO NENHUM DELES VEIO A PÚBLICO PARA CRITICAR OS AUMENTOS DOS COMBUSTIVEIS. FORA OS POLÍTICOS DEIXEM QUE O POVO DECIDE QUAL É O MELHOR CAMINHO. NÃO QUEREMOS POLITICAGEM.

  2. na minha opinião como esse ano é um ano de eleição, muitos parasitas politicos irão querer ficar bem com os caminhoneiros e o certo seria esses ratos serem expulsos, afinal caminhoneiro é trabalhador e não pode se misturar com politicos que são uns ratos e uns vagabundos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>