Obedecendo e reduzindo

Mensagem que acompanha o holerite de servidores da Universidade Estadual de Maringá: por determinação do Tribunal de Contas – que hoje realiza um evento em Maringá -, o percentual do adicional noturno foi reduzido em 10%.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

Um pitaco em “Obedecendo e reduzindo

  1. O Tribunal de contas e o Ministério público também vão investigar e solicitar a diminuição dos cargos comissionados? Pois a quantidade deles nessa gestão é superior a todas as outras, principalmente dos Assessores Especiais, e coordenadorias.

    Outra discrepância que chama a atenção além dos CCs são as Horas Extras, um servidor num momento ou outro precisar fazer, é uma situação, agora toda semana, todos os meses, todos os anos. Tem algo de errado, ou falta servidor , ou estão beneficiando grupos, seja de docentes, ou técnicos.

    Vamos moralizar?

    Já fizeram um levantamento detalhado do que se gasta a mais com todos esses acrescimos?

    Estamos falando do que se gasta além da tabela, do salário ao qual o servidor foi contratado. Já fizeram uma investigação? Qual é o valor ?

    É uma vergonha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>