Novo procurador-geral advogou para Cida Borghetti e a irmã dela em ação judicial por nepotismo, diz Gazeta

De Euclides Lucas Garcia, na Gazeta do Povo:

A prestação de serviços advocatícios do recém-nomeado procurador-geral do Estado, Sandro Kozikoski, à família da nova governadora não se restringiu a defender o ex-vereador Juliano Borghetti na Operação Quadro Negro.

Ele também atuou em uma ação popular que questiona a nomeação de Ana Maria Borghetti Violani, irmã de Cida Borghetti (PP), para um cargo comissionado no Tribunal de Contas do Estado. O pedido judicial, que tramita desde novembro do ano passado e ainda não teve decisão, também aponta suposto nepotismo no caso. A governadora defende que não há conflito na nomeação do chefe do órgão (clique aqui e veja o que ela diz sobre o caso).
Empossado na PGE na última segunda-feira (16), Kozikoski integrou a defesa da própria Cida e da irmã dela em uma ação popular em trâmite na 5ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba. No processo, pede-se à juíza Patricia Bergonse a suspensão do ato que nomeou Ana Maria como assessora administrativa comissionada no gabinete do conselheiro Fabio Camargo, em outubro de 2015. O salário atual dela é de R$ 13,9 mil. Leia mais.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Novo procurador-geral advogou para Cida Borghetti e a irmã dela em ação judicial por nepotismo, diz Gazeta

  1. Advogado Indignado diz:

    Inteligente da parte dela, nomeou alguém de sua confiança, cargo técnico, não vejo nada de errado, pelo contrário, entendo que não deveria ser diferente…

    Ou tem alguém que imagina que ela indicaria para um cargo de confiança um advogado que não fosse próximo a ela?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>