Dr. Jamal, 5 anos no PSL

Na próxima sexta-feira vai fazer cinco anos que o médico Jamal Mohamad Abou Fares (foto) está à frente do Partido Social Liberal em Maringá.

No site da Justiça Eleitoral consta que ele ainda preside o PSL. Dias atrás, porém, o vereador Paulo Rogério do Carmo, que trocou o PR pelo PSL, informou a Gilmar Ferreira que é o novo presidente municipal da sigla e que irá coordenar a campanha do deputado federal Jair Bolsonaro a presidente da República na região de Maringá.
A se confirmar a mudança na executiva do PSL, há quem defenda que Jamal, primeiro suplente da coligação que elegeu Do Carmo, reivindique na Justiça Eleitoral a vaga de vereador aberta com a desfiliação do vereador eleito junto ao Partido da República. O PR, ao que consta, não criou dificuldades para a saída de Do Carmo, mas, como vereador não pode utilizar a ‘janela partidária’ para ser candidato em eleição geral, o assunto deve render bastante.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Dr. Jamal, 5 anos no PSL

  1. Eu acho que todos devem entrar na justiça no ministério público. Porque se a lei não permite que não pode mudar de partido porque ele mudou eu acho que o presidente da câmara também deve ser manifestar pelo visto ele já está fora.como fica as votações na camara. Que a justiça seja feita. Doa a quem doer. O Brasil tem geito. Chega de maracutaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>