O ministro preferido de Temer

De Lauro Jardim:

Elogios de Michel Temer à sua equipe não são para serem levados muito a sério.

Nas duas semanas que antecederam ao troca-troca ministerial, Temer falou a frase “este é o melhor ministro do meu governo” pelo menos três vezes.
Numa estava ao lado de Ricardo Barros (Saúde). Na outra, de Mendonça Filho (Educação). E num terceiro evento apontou para Fernando Coelho (Minas e Energia)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “O ministro preferido de Temer

  1. Acho que Temer está correto na visão dele estes ministros não são amadores, vejam, nos momentos mais difíceis houve decisões salomonica.

    Livraram ele de denúncias querem o que só ir para o abraço dos ministros que de forma precisa lhe garantiram alguns meses a mais.

  2. esperar o que de um presidente golpista ilegítimo e que povoou seu ministério com a maioria de bandidos condenados em instâncias superiores e ainda…de lambe botas que viram a casaca na primeira oportunidade…
    RESUMINDO: O melhor ministro é aquele com condenação na justiça, o que desmonta o setor público em detrimento de interesses particulares e que de forma alguma deixa o patrão na mão..
    CANALHAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>