Assessor especial

Leopoldo FLoriano Fiewski Júnior, homem de estrita confiança dos fratelli Barros (era com ele com quem Ricardo Barros conversava sobre licitação milionária de publicidade e a decisão salomônica proposta, processo que dormitou nos últimos anos em Brasília), não será diretor do Detran como se pretendia.

É que o Detran foi confiado para indicação do DEM, dos Lupion, outrora desafetos e hoje apoiadores da família de políticos maringaenses. Voltará a trabalhar diretamente com Silvio Barros II, na Casa Civil.
Ontem ele foi nomeado por Cida Borghetti assessor especial da Vice-Governadoria (símbolo AE-1). Ele estava, até então, como coordenador (DAS-2) da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Assessor especial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>