Água racionada

Continua a falta de água na região do Conjunto Ney Braga, em Maringá, com a queima de um dos motores do poço artesiano da Sanepar, que já dura mais de uma semana.

“Eles estão racionando e só liberam a água à noite”, conta um morador.
Já está na hora de a administração municipal pensar seriamente em discutir com a sociedade a retomada do serviço de água e esgoto da cidade.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Água racionada

  1. O Contrato da Sanepar, com o município de Maringá, venceu no ano de 2010 e até agora não foi renovado, se o prefeito Ulisses Maia, não fosse um medroso, reassumiria o sistema de água e esgoto da cidade, até para diminuir os valores das tarifas já que são as mais caras Brasil, sem contar que de uns tempos para cá, os serviços prestados caíram de qualidade !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>