Desdobramento alumínico

O caso do vereador e das latinhas vai render além das muitas brincadeiras na internet.

Nas redes sociais circulam vídeos e memes diversos, desde o “Rap das latinhas” ao projeto Patrulha da Lata, passando pela música de Negrão Sorriso, “Vamos meter o pé na lata”, sob nova interpretação, e pela já famosa frase: “Eu falo o que me vem na lata”.
Já fora das redes sociais a conversa é sobre a possibilidade de uma ação de indenização por danos morais a respeito da generalizada acusação de ‘venda clandestina’ de latinhas de alumínio. Quer dizer, uma não, várias.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.