Provopar entrega recursos arrecadados com trenzinho no Natal

A presidente do Programa do Voluntariado Paranaense de Maringá, Eliane Maia, entregou ontem os recursos arrecadados com trenzinho do Natal e a jardineira que fazia o trajeto Catedral/Parque do Japão, o percurso iluminado pelo projeto Maringá Encantada. Foram R$ 48,4 mil divididos entre cinco entidades, escolhidas por sorteio.

Foram entregues cheques para a Associação Maringaense dos Autistas, Associação das Mães Especiais Sol da Manhã, Casa de Recuperação Casa do Oleiro, Projeto Vida e Família Sopão. Cada entidade recebeu R$ 10.000,00, à exceção da AMA, que recebeu R$ 8.400,00 por ter trabalhado apenas na jardineira.
“Esse recurso é de grande importância para a entidade. Precisamos de apoio para nos manter e continuara prestar serviços tão essenciais à comunidade. As contas são altas”, disse Larrisa Midoria, tesoureira da Casa de Recuperação Casa do Oleiro, criada há 30 anos e que atende dependentes químicos com um conjunto de atividades.
Outra entidade beneficiada, a Associação das Mães Especiais Sol da Manhã, atende São 180 mães de Maringá e região com filhos portadores de doenças físicas ou mentais. A entidade funciona há 12 anos e entre as ações que desenvolve está o ensino de métodos para a produção de peças artesanais. Mulheres aprendem, vendem ajudam no sustento da família.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Provopar entrega recursos arrecadados com trenzinho no Natal

  1. O Provopar apoiando e valorizando o voluntariado em Maringa. Essa gestão tem se pautado pela participação efetiva das entidades sociais de forma transparente e participativa, atendendo todos os seguimentos sociais, incluindo os projetos e ações individuais em prol da sociedade. É de se ressaltar a importância do trabalho e dedicação dos inúmeros voluntários que atuam em diversas atividades, nas entidades organizadas ou não. Parabéns a todos.

  2. O João, ´que tá fazendo o comentário aparece como a penúltima pessoa do lado direito da fotografia, o filho dele o Felipe, tem cargo comissionado da prefeitura, e o pai não pode ser indicado também, devido a lei do nepotismo, mas dizem os mais chegados que ele permanece no PROVOPAR, mais oito horas por dia na entidade, mandando e desmandando em tudo, será que não recebe algum bicho por fora?

  3. Só isso? E os tidos”voluntários” que receberam? Por que não presta contas tbem dos gastos? As entidades teriam que receber no mínimo uns R$ 20.000 cada uma ! Essas entidades que têm seus voluntários realmente voluntários !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>