Praça do Japão: verba confirmada

O deputado federal Luiz Nishimori esteve ontem em Apucarana com o prefeito Beto Preto (PSD) e conheceu detalhes do projeto de construção da praça do Japão, que será edificado em uma área de 7,2 mil metros quadrados do Parque Municipal Jaboti. Os recursos, na ordem de R$ 500 mil, serão oriundos de uma emenda já proposta pelo parlamentar e que deve ser liberada pelo governo federal ainda neste ano.

Segundo Nishimori, a praça é um presente para a colônia de Apucarana e Vale do Ivaí, marcando os 110 anos de imigração japonesa no Brasil. “Vi hoje a imagem de como será a praça, muito bonita. Um projeto bem feito, que vai revitalizar o local, tornando-o ainda mais um ponto turístico e de diversão”, disse o deputado. Ele salientou que o dinheiro para a obra era um compromisso que tinha com a cidade de Apucarana. “Propus a emenda em outubro do ano passado e espero que o governo federal libere até julho deste ano, antes do início do período eleitoral”, anunciou.
Lembrando que a colônia japonesa chegou em Apucarana na década de 30, o prefeito Beto Preto falou sobre a relevância do projeto. “São 82 anos contribuindo com o desenvolvimento do município e esta praça é uma justa homenagem aos pioneiros e descendentes japoneses que ainda hoje muito fazem pela cidade. Agradeço ao deputado federal Luiz Nishimori e deixo as portas do município abertas para recebimento de novos investimentos”, disse.
Outro assunto tratado na reunião com o parlamentar foi apoio para a viabilização da duplicação de trecho de duas rodovias que dão acesso a Apucarana. “O PR (Partido da República) tem a titularidade do Ministério dos Transportes, então solicitei ao deputado apoio na duplicação das entradas da cidade, para quem chega de Curitiba e para quem sai para Maringá. Demanda que ele também se colocou à disposição para ajudar”, pontuou o prefeito Beto Preto. Os investimentos necessários para as obras giram entre R$10 milhões e R$12 milhões. “Nos próximos dias teremos uma audiência sobre o assunto no DNIT, em Brasília, quem sabe já possamos avançar, podendo contar com recursos federais para este investimento”, concluiu Beto Preto.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

Um pitaco em “Praça do Japão: verba confirmada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>