Manifestações devem causar transtorno e custo ao erário

A realização de um ato pela prisão do ex-presidente Lula e em favor do juiz Sergio Moro vai causar um sábado atípico em Maringá. A previsão é de que haja transtorno, com a interrupção de vias públicas. A operação para garantir a segurança terá um custo ao erário ainda não dimensionado.

O ato foi marcado por grupos de direita nas redes sociais para confrontar o lançamento de um comitê que defende que Lula seja candidato novamente, por sua vez promovido pela Frente Brasil Popular e pelo Partido dos Trabalhadores. Graças aos ataques entre os dois lados, criou-se um clima de tensão que levou órgãos de segurança pública a acompanhar os eventos, para permitir o princípio constitucional da livre manifestação do pensamento. O temor é de que possa ocorrer tumulto e eventualmente violência.
Enquanto o primeiro evento, agendado para o plenário do Legislativo, deveria atrair cerca de 300 militantes e simpatizantes (número recalculado a essa altura do campeonato), chegou-se a divulgar que a segunda manifestação poderia levar 100 mil pessoas às ruas próximas da câmara municipal, conforme destacou panfleto/convite que utilizou o símbolo do Lions Clube. A PM se acredita que até 10 mil pessoas possam participar da manifestação.
A Secretaria de Mobilidade Urbana, a pedido da Polícia Militar, vai interromper o tráfego no entorno da Catedral, impedindo o acesso ao estacionamento pelas duas entradas (pela avenida Tiradentes e em frente a Câmara de Vereadores). Também será impedido o acesso a avenida Papa João XXIII (continuação da Herval) a partir da avenida Tiradentes. A medida será tomada a partir das 4h30 da madrugada. A partir das 7h30, o acesso à catedral pela avenida Cerro Azul também será interrompido na esquina com a rua Antonio Salema. Motoristas que trafegam no sentido bairro/centro pela Cerro Azul devem dobrar à esquerda na Antonio Salema e, na sequência, entrar à direita na rua Martim Afonso para alcançar a avenida João XXIII, cujo tráfego estará liberado no trecho em frente ao Instituto de Educação. O trecho em frente a Câmara, da avenida Cerro Azul até a rua Martim Afonso, também estará fechado. A previsão é normalizar o trânsito em todos os trechos a partir das 12 horas.
O blog soube que além da Polícia Militar há outros órgãos de segurança monitorando os eventos. Policiais militares de outros cinco batalhões são aguardados amanhã em Maringá, a maioria ficando nas imediações da praça da Catedral. Até soldados que deveriam estar de folga foram convocados para trabalhar amanhã.
Politicamente, o clima criado em torno do lançamento do comitê pró-Lula fez crescer a importância do encontro, que tem caráter regional e deve se encerrar por volta das 11h15.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

9 pitacos em “Manifestações devem causar transtorno e custo ao erário

  1. É melhor gastar com segurança pública para dar segurança aos maringaenses que apoiam a PRISÃO do LULADRÃO, do que gastar com com estes PELEGOS, SANGUESSUGAS que acabaram com o nosso PAÍS.

  2. Cara, vai lá assisti a novelinha da globo vai, aproveita pra cheira um pozinho com o Aécio.

    1. Produto
    Interno Bruto:
    2002 – R$ 1,48 trilhões
    2013 – R$ 4,84 trilhões
    2. PIB per
    capita:
    2002 – R$ 7,6 mil
    2013 – R$ 24,1 mil
    3. Dívida líquida do setor público:
    2002 – 60% do PIB
    2013 – 34% do PIB
    4. Lucro do BNDES:
    2002 – R$ 550 milhões
    2013 – R$ 8,15 bilhões
    5. Lucro do Banco do Brasil:
    2002 – R$ 2 bilhões
    2013 – R$ 15,8 bilhões
    6. Lucro da Caixa Econômica Federal:
    2002 – R$ 1,1 bilhões
    2013 – R$ 6,7 bilhões
    7. Produção de veículos:
    2002 – 1,8 milhões
    2013 – 3,7 milhões

    8. Safra Agrícola:
    2002 – 97 milhões de toneladas
    2013 – 188 milhões de toneladas
    9. Investimento Estrangeiro Direto:
    2002 – 16,6 bilhões de dólares
    2013 – 64 bilhões de dólares
    10. Reservas Internacionais:
    2002 – 37 bilhões de dólares
    2013 – 375,8 bilhões de dólares
    11. Índice Bovespa:
    2002 – 11.268 pontos
    2013 – 51.507 pontos
    12. Empregos Gerados:
    Governo FHC – 627 mil/ano
    Governos Lula e Dilma – 1,79 milhões/ano
    13. Taxa de Desemprego:
    2002 – 12,2%
    2013 – 5,4%
    14. Valor de Mercado da Petrobras:
    2002 – R$ 15,5 bilhões
    2014 – R$ 104,9 bilhões
    15. Lucro médio da Petrobras:
    Governo FHC – R$ 4,2 bilhões/ano
    Governos Lula e Dilma – R$ 25,6 bilhões/ano
    16. Falências Requeridas em Média/ano:
    Governo FHC – 25.587
    Governos Lula e Dilma – 5.795
    17. Salário Mínimo:
    2002 – R$ 200 (1,42 cestas básicas)
    2014 – R$ 724 (2,24 cestas básicas)
    18. Dívida Externa em Relação às Reservas:
    2002 – 557%
    2014 – 81%
    19. Posição entre as Economias do Mundo:
    2002 – 13ª
    2014 – 7ª
    20. PROUNI – 1,2 milhões de bolsas
    21. Salário Mínimo Convertido em Dólares:
    2002 – 86,21
    2014 – 305,00
    22. Passagens Aéreas Vendidas:
    2002 – 33 milhões
    2013 – 100 milhões
    23. Exportações:
    2002 – 60,3 bilhões de dólares
    2013 – 242 bilhões de dólares
    24. Inflação Anual Média:
    Governo FHC – 9,1%
    Governos Lula e Dilma – 5,8%
    25. PRONATEC – 6 Milhões de pessoas
    26. Taxa Selic:
    2002 – 18,9%
    2012 – 8,5%
    27. FIES – 1,3 milhões de pessoas com financiamento universitário
    28. Minha Casa Minha Vida – 1,5 milhões de famílias beneficiadas
    29. Luz Para Todos – 9,5 milhões de pessoas beneficiadas
    30. Capacidade Energética:
    2001 – 74.800 MW
    2013 – 122.900 MW
    31. Criação de 6.427 creches
    32. Ciência Sem Fronteiras – 100 mil beneficiados
    33. Mais Médicos (Aproximadamente 14 mil novos profissionais): 50 milhões de
    beneficiados
    34. Brasil Sem Miséria – Retirou 22 milhões da extrema pobreza
    35. Criação de Universidades Federais:
    Governos Lula e Dilma – 18
    Governo FHC – zero
    36. Criação de Escolas Técnicas:
    Governos Lula e Dilma – 214
    Governo FHC – 11
    De 1500 até 1994 – 140
    37. Desigualdade Social:
    Governo FHC – Queda de 2,2%
    Governo PT – Queda de 11,4%
    38. Produtividade:
    Governo FHC – Aumento de 0,3%
    Governos Lula e Dilma – Aumento de 13,2%

    39. Taxa de Pobreza:
    2002 – 34%
    2012 – 15%
    40. Taxa de Extrema Pobreza:
    2003 – 15%
    2012 – 5,2%
    41. Índice de Desenvolvimento Humano:
    2000 – 0,669
    2005 – 0,699
    2012 – 0,730
    42. Mortalidade Infantil:
    2002 – 25,3 em 1000 nascidos vivos
    2012 – 12,9 em 1000 nascidos vivos
    43. Gastos Públicos em Saúde:
    2002 – R$ 28 bilhões
    2013 – R$ 106 bilhões
    44. Gastos Públicos em Educação:
    2002 – R$ 17 bilhões
    2013 – R$ 94 bilhões
    45. Estudantes no Ensino Superior:
    2003 – 583.800
    2012 – 1.087.400
    46. Risco Brasil (IPEA):
    2002 – 1.446
    2013 – 224

    47. Operações da Polícia Federal:
    Governo FHC – 48
    Governo PT – 1.273 (15 mil presos)
    48. Varas da Justiça Federal:
    2003 – 100
    2010 – 513
    49. 38 milhões de pessoas ascenderam à Nova Classe Média (Classe C)
    50. 42 milhões de pessoas saíram da miséria
    FONTES:
    47/48 – http://www.dpf.gov.br/agenc
    39/40 – http://www.washingtonpost.com
    42 – OMS, Unicef, Banco Mundial e ONU
    37 – índice de GINI: http://www.ipeadata.gov.br
    45 – Ministério da Educação
    13 – IBGE
    26 – Banco Mundial

    • FIES uma porcaria, financiaram cursos nas faculdades particulares, curso que custava 300 R$ foi para 800 R$.
      Programa Minha casa minha vida, outra porcaria, financiaram casa para o povo, casa que custava 60.000 R$ em Maringá, foi para 220.000 R$.
      Hoje quem financiou faculdade e outros casas não consegue pagar as prestações por conta do desempregado causado pela roubalheira do PT.
      O grande erro do governo PT nos casos do financiamento foi não segurar os preços, se o produto custava um valor o porque permitiu emprestimo quando aumentaram absurdamento, CEF e Banco do Brasil poderia ter barrado.
      Ha só pra lembrar, a empresa que procurava trabalhadores anunciando em carro de som, fechou as portas.

      Gostei do item 47 e 48 da sua lista
      47. Operações da Polícia Federal:
      Governo FHC – 48
      Governo PT – 1.273 (15 mil presos)
      48. Varas da Justiça Federal:
      2003 – 100
      2010 – 513

  3. Tudo isso só está acontecendo por que a PTezada, Gleise e Requião resolveram vir a Maringá para provocar o povo que apoia o Juiz Sérgio Moro na sua cidade.
    Quem provoca do modo que quer correr o risco de sofrer o reverso da provocação. Simples assim.

  4. Comitê para direito do Lula ser candidato. Que bobagem. Existe lei para ser candidato. Se ele se enquadrar é só registrar sua candidatura no devido tempo. Mas se não se enquadrar, procure outra coisa para fazer. Talvez costurar bola dentro do presídio.
    Na verdade estão aqui para tentar colocar medo no judiciário.
    E temos que dar o troco. Simples assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>