Eleições 2018: duas de hoje

1) O deputado federal Paulinho da Força, do Solidariedade (mesmo partido de Fernando Francischini), assinou o documento “Eleições sem Lula é fraude”. O líder da Força Sindical votou pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), mas agora defende o direito de Lula se candidatar novamente.
2) Do deputado federal José Rocha, líder do PR, mesmo partido de Luiz Nishimori: “Se Lula for candidato, a tendência é ficar com o Lula”. (Foto: Daniel Ferreira/Metrópoles)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

6 pitacos em “Eleições 2018: duas de hoje

  1. Que venha o Lula em 2018 para também perder nas urnas.
    Convocamos a população para anularem o voto e dar um basta nesta roubalheira que os politicos estão fazendo. E mandar este PT e a corja pra Cu ba

    • Anular votos não anula eleição…é tudo que os petralhas querem…precisamos vitar e saber escolher os mais honestos…fazer uma limpeza não votando em nenhum dos atuais ppolíticos que ocupam cargos atualmente…não votar em nenhum indiciado pela justiça…

  2. simplesmente Brasileiro diz:

    Lugar de Bandido é na cadeia, não candidato, simples assim, se for confirmada condenação dia 24, caso encerrado, pijama listado nele. O que o Brasileiro honesto espera é ver Lula e demais políticos corruptos todos atrás das grades independentemente de partido. Quem imaginava ver Maluf preso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>