Só duas ainda dizem não

De todas as universidades estaduais do Paraná, apenas UEL e UEM não entregaram os dados sobre a folha de pagamento dos professores e servidores para eles possam ser acessados por qualquer cidadão que paga impostos. As duas universidades, aliás, entraram na Justiça para evitar prestar contas à sociedade. (Via Blog do Zé Beto)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

19 pitacos em “Só duas ainda dizem não

  1. Pagador de impostos diz:

    Como podem são publicas!
    Por que nao prestar contas ao governo e sociedade?

    O que estão escondendo? Irregularidades?

    Ja passaram do limite, o governo tem que ter atitude!

    É só parar de pagar os salários desses marajás,…uma hora acaba….ou a reserva é grande?

  2. quem não repassa os dados? a universidade é quem?
    a PRH, a reitoria?

    A REALIDADE NA UEM,
    MUITOS SERVIDORES ESTÃO SEM TRABALHAR, DOENTES AFASTADOS, OU COLOCADOS A DISPOSIÇÃO POR PERSEGUIÇÃO, ASSÉDIOS NESSA GESTÃO.
    ABSURDO, ABSURDO!!

    O governo do estado poderia enviar email para cada servidor entregar individual, inclusive como um recadastramento.Atrelado a reposição que é direito, pedindo as informações individuais, pois o servidor é concursado pelo governo, e não pode ficar sendo ameaçado, controlado perseguido e assediado por grupos de gestão, enquanto o grupo se esbalda em cargos comissionados, e outros benefícios, beneficio sobre benefícios.

  3. As duas universidades, aliás, entraram na Justiça para evitar prestar contas à sociedade.” (Via Blog do Zé Beto).

    A Justiça é que irá evitar a prestação de contas?

    • Presta atenção…

      Isso ocorreu em 2012, e só reforça a seriedade com que os Reitores tratam as Universidades, pois foram eles que determinaram a investigação e depois a demissão. Voce não considera isso seriedade???

  4. Os dados são repassados! O que as universidades não querem é se submeter, mais ainda, a intervenção do governador. Que, agora, quer decidir quando implantar as progressões e promoções garantidas por lei.

    Os dados da folha estão no site de Transparência do governo do estado, então como é que as Universidades não repassam? Vamos, por favor, parar com a desinformação. Os interesses tanto das Universidades, quanto do governo do estado, nesta história são outros e não são relacionados à transparência, e sim a controle!

    • Assrssot remunerado da UEM responde robotizadamente.
      Nome e salário?
      Vantagens
      Diárias
      Férias
      Ascensão funcional
      Tide
      Expediente
      Ato de nomeação

      Escondem por que?

  5. Se há transparência como escreveram, onde estão os assessores especiais ?onde está discriminado?

    São 40 assessores especiais nessa gestão, ok?

    Nesse portal não está discriminado separadamente como deveria ser, adicional do cargo comissionado, Tide, hora extra…e pó aí vai.

    Então não há transparência não.
    Por isso o governo quer o controle, pois não sabe o que é pago, e porque esse servidor recebe esse salário.

    Tem que implantar sim. Estamos esperando.

  6. Coxinhada burra pra cacete… só entrar no portal da transparência que tá tudo lá… O que o Beteeenho quer fazer é barrar as progressões de salários PREVISTAS EM LEI, pra não ferrar o caixa quebrado do estado…
    Mas como COXINHA só quer saber de respeito às leis que lhe beneficiam, ficam nesta aporrinhação… fazer o que, com gente que acha que o tal to kim (não o da coréia do norte) é líder de alguma coisa, nem perco meu tempo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. E todos os outros gastos, além da folha de pagamento, como os de manutenção da Instituição.

    Carros, gasolinas, compras e aquisições de equipamentos, construções.

    Qto se gasta, e qual critério.

    Alguns em situações horríveis, outros com salas boas, equipamentos bons, excelentes condições de trabalho.

    Como é administrado, e qto se gasta? Está nesse portal transparência?

    O povo quer saber.

  8. Pelo que escreveram o governo quer controlar os gastos públicos, então ele está correto.
    Nesse país tem muita corrupção, e privilégios, e é saudável apertar os cintos, fiscalizando cada centavo para não haver desperdícios.
    O dinheiro utilizado no público, é o dos impostos, contribuição do povo. Faz falta nas nossas casas e família, e temos controlado, apertado e diminuído nossos gastos, por que não todo o público tbem?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>