4ª Flim começa nesta quinta

A 4ª Festa Literária Internacional de Maringá (Flim) será aberta hoje às 8 horas, no Centro de Convivência Comunitária Renato Celidônio, a praça da Prefeitura, e prossegue até domingo. O escritor Ignácio de Loyola Brandão será um dos participantes. A programação conecta literatura com diversas manifestações culturais (confira a programação aqui).

“Será um espaço de trocas, vivências e experiências, buscando conectar a leitura com outras manifestações artísticas, como teatro, música e cinema”, afirma o secretário de Cultura, Rael Toffolo.
Responsável pela curadoria da feira, o produtor cultural Antonio Carlos Sartini reforça o perfil eclético do evento, que opta pela multiplicidade. “O texto literário transita por todas as artes. Portanto, é importante trazer isso para a feira”, afirma Sartini, que atua na área cultural há mais de três décadas.
Foi diretor do Museu da Língua Portuguesa, ocupou diversos cargos na Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo e na Secretaria Municipal e produziu espetáculos franceses no país como representante do Ministério da Cultura daquele país no Brasil, incluindo a apresentação do Ballet de Lyon, um dos mais respeitados do mundo.
“Acreditamos que esse seja o primeiro passo de muitos para um caminho de transformações, a partir de referências e experiências vivenciadas na programação do evento”, acrescenta o produtor cultural. Maringá possui cinco clubes de leitura e seis bibliotecas municipais. As bibliotecas contarão com espaço específico na feira para apresentar suas atividades.
A festa literária deste será realizada em parceria com a Câmara Brasileira do Livro, entidade sem fins lucrativos criada há 71 anos. Reúne mais de 400 associados em todo o Brasil, entre editores, livreiros e distribuidores de livros. Organiza, entre outros eventos, o Prêmio Jabuti, o mais importante do país na área, e a Bienal Internacional do Livro.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “4ª Flim começa nesta quinta

  1. Maringaense Detesta Ler Porque Cansa Os Lábios diz:

    Bem caída esse ano, hein? Ano passado chamaram Tom Zé pra adocicar a boca do eleitorado, mas deu Ulisses. Daí Ulisses resolve economizar na cultura pra poder gastar em decoração de Natal e adoçar a boca da burguesia iletrada do Centro. Outro ano, mesma m&[email protected]

  2. Valeu à pena ver a criançada feliz e com a chance de expressar talentos! Educadores precisam de eventos como a Flim para que as crianças maringaenses sintam que, mais do diversão, a educação e cultura é que constroem verdadeiros cidadãos, divertindo da mesma forma! Sou do tempo que diversão era “Monteiro Lobato” e enalteço eventos como a Flim. A cidade de Passo Fundo é a capital da leitura – onde mais se lê no país – e confesso que amaria ver Maringá ganhando nesse ranking!!! Vencer o Natal de Gramado é possível, mas se tornar a cidade onde mais se lê, daí o desafio é realmente digno!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>