Câmara de Toledo cancela título de cidadania ao ministro da Saúde

O deputado federal licenciado Ricardo Barros não vai mais receber o título de cidadão honorário de Toledo, como previa o projeto de lei 114/2017, apresentado por quatro vereadores membros da mesa executiva daquele Legislativo.

Na última quinta-feira o promotor de justiça Sandres Sponholz encaminhou recomendação ao presidente Renato Reimann sugerindo a anulação do resultado que aprovou a concessão do título; a recomendação foi aceita e o título foi cancelado, segundo a Gazeta de Toledo.
A homenagem foi aprovada por 10 votos a 8, graças aos vereadores que dão apoiam ao prefeito Lúcio de Marchi. Só que o regimento interno da Câmara de Toledo estabelece que a aprovação de uma honraria deve ter a aprovação de pelo menos dois terços dos legisladores; a Câmara de Toledo, que é menor que Maringá, tem 19 vereadores.
Assim, o artigo 265 foi desrespeitado. Ele estabelece que as homenagens do Legislativo a personalidades nacionais ou estrangeiras radicadas no país, “comprovadamente dignas da honraria do povo toledano”, devem ter a aprovação de dois terços dos vereadores. Durante a votação, o líder da oposição, ex-presidente da câmara Ademar Dorfschimidt (PDT), pediu a suspensão da sessão, para que, com a assessoria jurídica da câmara, o projeto de lei fosse arquivado por estar infringindo a legislação, mas a mesa não acatou.
Na última terça-feira a Câmara de Toledo encaminhou o projeto para sanção do prefeito, apesar da aprovação irregular. O encaminhamento virou notícia na Gazeta de Toledo, o que levou o Ministério Público a recomendar a anulação do resultado da votação, ocorrida no início de setembro, e a consequente declaração de rejeição da honraria, sob pena de ajuizar uma ação civil pública contra os responsáveis
Confira a íntegra da recomendação do Ministério Público Estadual aqui.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

11 pitacos em “Câmara de Toledo cancela título de cidadania ao ministro da Saúde

  1. Não que o Exmo De. Ministro Ricardo Barros seja merecedor de tal honraria. O que chama atenção é a submissão dos senhores Edis Toledenses ao MP. É aquela situação: quem tem, tem medo…

    • Submissão ao MP? Neste caso a submissão foi à lei que determina o quórum correto o qual não foi respeitado. Viram que não se pode atropelar tudo do jeito que quiserem.
      Tem um certo vereador que precisa entender isso também.

  2. A gente gosta, de politicos do sul.Mas que tenha conhecimento do que faz, e não tapa buraco, o brasil prescisa de politicos capacitados no cargo que ocupa, e nào, no faz de conta…

  3. coitado do engenheiro RICARDO tentaram transformá-lo ministro da saúde. a culpa não é dele coitadinho. será que ele não percebeu ainda que está sendo fritado. se fosse inteligente como alguns dizem já teria tirado o time de campo. está em um ninho com pessoas bem mais cobras que ele.

    • FRITADO??? kkk esse leitão vesgo poderia mesmo virar um torresmo que não ia fazer falta nenhuma, porem é mais esperto do que se parece, está usando o Ministério para se perpetuar ainda mais no poder vendendo tudo que é do povo pra agradar os GOLPISTAS do PLANALTO, sucatenado o SUS, querendo abrir fábrica de sangue em MAringá, , sendo que o MS tem vários prédios inacabados por conta da incapacidade governamental de simplesmente GOVERNAR, privilegiando PLANOS DE SAÚDE, vive lambendo o chão do presidente golpista e arrebanhando mais gado pro seu pasto.
      NÃO SEJA INGÊNUO. RB, Só não dá nó em pingo d´água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>