Obras na Igreja Cristo Ressuscitado

A Igreja Jesus Cristo Ressuscitado, localizada na Zona 5, está passando por reforma. As obras, que devem demorar um ano, preocupam por conta do patrimônio artístico existente nela e criado pelo conhecido artista maringaense Zanzal Mattar.

“Na capela ao lado da igreja existem totens com passagens litúrgicas, sendo que alguns foram arrancados e jogados no chão”, aponta leitor com receio de que a Igreja estivesse negligenciando séculos de proteção às artes.
Os painéis que estavam dentro da igreja foram mandados restaurar e serão colocados na igreja nova, mas o jardim deverá ser alterado e as obras de Zanzal infelizmente deverão ser retiradas. O blog levantou que há alguns anos, por não querê-los mais, o ex-pároco padre Júlio Antônio da Silva mandou o artista retirar os totens, feitos em pedras.
Após a reforma da igreja o jardim e a capela da reconciliação serão remodelados, com projeto do arquiteto Aníbal Verri. A intenção é retirar as árvores e plantar oliveiras, com um novo formato de jardim.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

6 pitacos em “Obras na Igreja Cristo Ressuscitado

  1. Como diz meu pai: o dinheiro não é deles, é fácil gastar assim, de uma forma desnecessária.
    Com tanta pobreza e pessoas necessitando de remédios caros e o Estado não bancando, bem que a igreja poderia ajudar.
    Bastaria fazer uma reforma, colocar ar condicionado, retirar rachaduras, afinal de contas, as celebrações demoram no máximo 1h30min.Nem missa para os católicos que morrem são realizadas lá, a não ser que seja o próprio padre.
    Ah, sou católico.

    • Doa seu dinheiro então pra caridade se você está achando ruim! Aposto que você tem! “Adota” um pessoal que fica ali na frente do albergue. Levem para morar com você em sua casa! Começa a dar o exemplo se tá achando ruim! É muito fácil ficar criticando né?! E quanto as obras tem que ser retiradas mesmo. Lá é uma igreja e não um museu ou feira de exposição artística. Se tá achando ruim, que abram um museu com seu próprio dinheiro! Parem de problematizar as coisas!

  2. Gente, só a residência de Dom Jaime, que fica ao lado da Igreja sofreu uma reformulação muito grande. Ninguém disse nada. Agora é a vez da Igreja. Nós da região (zona 5), estamos aguardando. Vai ficar muito linda essa igreja. Vamos esperar

  3. Bom eu sou um bom conhecedor da Paróquia Cristo Ressuscitado pois eu cresci lá e minha mãe ajudou na construção da Capela da Reconciliação pois a mesma foi construída por fiéis. Para responder a critica que um anônimo fez falando de tanta pobreza e pessoas precisando de remédios e etc… Meu amigo primeiro procure fontes concretas para você falar algo que você não conhece. O próprio fundador e construtor da Paróquia Monsenhor Geraldo Schinneider falou que a paróquia precisa de uma reforma urgente porque estava mito velha e os alicerces precisava ser todos revistos, em tom de brincadeira ele comentou com o Padre Julio: “Olha padre vocês tem que reformar essa igreja porque tem tijolos soltos e pode desabar na cabeça do pessoal durante a missa” mas isso que ele falou era serio porque a igreja nunca passou por uma reforma e estava passando da hora de reformar ou fazer outra. E quanto a ajuda para pessoas que precisa, existe um setor em todas as paróquias que chama Promoção Humana que ajudam a quem precisa e pode ter certeza que mesmo com a reforma em andamento a igreja nunca deixa e nunca deixará de ajudar aqueles que mais precisa.
    Sou completamente a favor dessa reforma porque a igreja esta com os bancos ruins e precisa acomodar as pessoas agradavelmente, e tenho certeza que o Padre Altair esta ciente de tudo e fazendo que com os custos não sejam altos e o pessoal do CPP e CAE da paróquia procuram fazer o melhor para os fieis e de uma forma transparente onde todos podem acompanhar o que esta sendo gasto e posto dentro da reforma.
    Ah, eu também sou católico, mas a minha diferença é que sou praticante e procuro saber da minha igreja e da minha comunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>