E o cunhado do ministro?

De Ruth Bolognese no Contraponto:

Além da devolução de R$ 3 milhões aos cofres públicos, quem precisa devolver R$ 45 mil é o cunhado do ministro da Saúde, Ricardo Barros, Juliano Borghetti, irmão da vice-governadora, Cida Borghetti.

Segundo o delator da Construtora Valor, Borghetti foi o cunhado que Barros liquidou (no sentido de vender por preço bem baixo) ao trocá-lo por um cargo público e colocá-lo trabalhando na Valor.
Por razões desconhecidas, só ficou lá três meses. Mas tem de devolver os R$ 15 mil que recebeu, ora essa.

Angelo Rigon

3 pitacos em “E o cunhado do ministro?

  1. chegaram no PP? hã?

    o mais estranho de tudo, é que agora criaram muitos outros partidos, e para as próximas eleições em 2018, seria importante criar um curso para a população ficar esclarescida.

    o partido ….tal é agora é tal…..
    o outro partido…agora é se uniu a, ou se desmembrou, ou as pessoas de tal partido agora estão no…..

    que confusão é essa coisa de tantos partidos nesse país!

    melhor seria aproveitar o momento, e passar uma borracha em tudo, com uma reforma política seria.

    5 partidos no máximo, e só ser candidato ficha limpa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>