Ao presidente Hossokawa:

Considerando que o Art. 93-VIII do Regimento Interno da Câmara de Maringá coloca como deveres do vereador a obediência a normas regimentais, entre elas que o uso da palavra será regulado igualmente por normas, como “ao falar em plenário, o orador deverá ocupar o microfone, dirigindo-se sempre ao presidente”, pergunto:

O vereador que usar da palavra sem se dirigir ao presidente não está desobedecendo o regimento interno, descumprindo um dever? Como o senhor interpreta? Seria timidez? Soberba? Falta de educação legislativa? Desconhecimento?
V. Excia pensa que cada vereador pode agir do jeito que quiser, ou o Regimento é para ser cumprido? Caso essa seja a resposta, sugiro que o texto do Artigo 134 seja alterado, liberando geral. É tradição em todos os parlamentos no Brasil, salvo engano, que oradores comecem a falar se dirigindo ao Presidente. Na Câmara de Maringá, até a legislatura passada, pelo que observava era assim. Na atual estão acontecendo coisas estranhas, mas penso que pode mudar.
Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon


3 pitacos em “Ao presidente Hossokawa:

  1. Há coisas mais importantes a serem questionadas, maior mfalta de respeito que pode cometer um legislador é votar ou criar matérias inconstitucionais, tais como esta aprovada pela câmara do vereador Mantovani , tirar o direito de trabalho dos carroceiros humildes, sou a favor da defesa dos animais, sim mas este projeto é infame e ridículo, porque o nobre vereador não entra em defesa dos animais que são explorados em rodeios no parque de exposição. Será porque estes são da elite maringaense.Faço um apelo ao nosso prefeito que tem feito uma administração voltada para toda a classe maringaense em especial aos menos favorecidos que vete este projeto, hoje ele é inconstitucional. vai contra a lei maior que é da lei federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>