Bonita e polêmica

Cerro Azul

Duas das quadras de canteiros centrais mais bonitas de Maringá são também a mais polêmicas.
Ontem, na TV Maringá, o apresentador Milton Ravagnani, que apresenta um programa ao lado do vereador Flávio Mantovani, disse que a prefeitura não conseguirá

revitalizar todas as praças e avenidas que quer por causa do custo. Segundo ele, as duas quadras da avenida Cerro Azul teriam custado R$ 800 mil.
Editor do jornal Metro Maringá e ex-secretário das gestões Ricardo Barros e Carlos Roberto Pupin, Ravagnani errou feio nos números. R$ 800 mil poderiam ter custado eventualmente num governo do PP.
De acordo com o secretário de Serviços Públicos Vagner de Oliveira, foram gastos cerca de R$ 40 mil de concreto, grama e flor, e parte do material utilizado ali, como postes para a iluminação de led, foi reaproveitamento. Pelos seus cálculos, para deixar a avenida Cerro Azul inteira bonita como aquelas duas quadras seriam precisos bem menos que R$ 800 mil.

Angelo Rigon


21 pitacos em “Bonita e polêmica

  1. Putz… Essa avenida Cerro Azul, quer dizer duas quadras, já deu mais horas de noticia do que serviço feito naquela Avenida. Ficou bonita mesmo, mais no ritmo que vai…

    • 40 mil não paga nem o asfalto que foi reformado na avenida!

      Mais é aí onde está a transparência?

      Secretário aponte e mostra a população o gasto real desta obra e prove que o apresentador está errado!
      É só mostrar a planilha completa da obra…

      • Foi gasto 40 mil porque não foi contratado empreiteira. E com relação ao asfalto foi usado o material produzido pela própria pedreira da prefeitura, flores do viveiro municipal e assim por diante. Sem falar que os bloquetes retirados foram reaproveitados no cemitério, o que derruba ainda mais o custo da obra.

  2. esse foi o grande pecado capital de gestoes passadas. com um custo irrisorio se faz tanto com muito pouco a populacao aplaude e o prefeito fica com moral pra se eleger dinovo sem gastar um centavo dele mesmo. problema que muitas vezes nao existe sintonia entre quem teve a ideia e quer fazer e quem de fato vai fazer. tem muita briga por espaco, poder e midia nesse meio que trava coisas simples como essas.

  3. Por falar em Praças,
    a PRAÇA PROF. ARY DE LIMA, foi criada por dr. João Paulino Vieira F°, mas até hoje, não saiu do papel:
    A PRAÇA VEREADOR MALAQUIAS DE ABREU, localizada ao lado e defronte a Câmara de Maringá, nunca foi arborizada e, há projeto do então vereador Dr. Batista, para que fosse instalada aparelhos esportivos, e o que se vê na praça, é apenas gramas e nada mais, isso, desde os tempos em que o Instituto de Educação, era o Gastão Vidigal.

  4. A cidade está ficando mais linda, se for preciso o povo de Maringá ajuda a prefeitura continuar o trabalho. enquanto os cães e as dadelas
    latem a caravana passa. fica quieto mandioquinha de quinta.

  5. Mesmo neste valor nao esta barato,Gostei da idéia das flores em canteiros,todas avenidas deveriam ter este tipo de ornamentação,Parabens deixa Maringa mais linda e florida.O Plantiu de arvores também deve ser incentivadas,principalmente onde as condenadas foram cortadas.

  6. Tiuzim da Roçadeira. diz:

    Os secretários do Silvio e do Pupim lalavam um dinheiro macabro dentro da cidade, o que tinha de oficina, e outros serviços terceirizados só pra esquentar dinheiro desviado………..tem dono de oficina que ficou rico prestando serviço pra secretário da Semusp e outros……

  7. Estão aniquilando as árvores na praça do peladão…………………..será que era necessário ….. prefeito mequetrefe que esta dizimando as árvores em nossa linda cidade para satisfazer o ego ignorante de certas pessoas que arvore velha tem que tombar……….e pasmem sem a contrapartida de ter uma calçada a altura ….para as pessoas que necessitam de acessibilidade ……………..

  8. Talvez esse cara acredita que depois dessa consiga um bom contrato publicitário para o Metro… Parabéns, Ulisses. Maringá tá linda! É de encher os olhos! Ignore esse ex-vendedor de jornal e aprendiz de apresentador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>