Questão de tempo

Horto

As negociações sobre a reabertura do Horto Florestal continuam. Ontem o secretário de Meio Ambiente e Bem_Estar Animal, Jaime Dallagnol, recebeu visita de representante da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná.

Há quem aposte que o horto será reaberto até maio de 2018, após cumpridas as determinações do Ministério Público, como o cercamento do lago.

Angelo Rigon


12 pitacos em “Questão de tempo

  1. Se a atual administração conseguir a reabertura do horto florestal, estarei convencido de que foi a melhor coisa que aconteceu a Maringá foi ter trocado de mãos a administração da cidade, e que, mais ainda, ficarei convencido que fomos enganados por muitos anos que marinhá estava sendo bem gerida.. vide casos como o parque industrial e o terminal intermodal.. mais, servira de base para eu votar nas próximas eleições ..

  2. Aristides Taborianski diz:

    Por volta de 1955, podem dizer: é tempo heim seu Aristides…., ia-se à pé, da Vila Operária até lá.Era uma boa caminhada. Várias famílias iam juntas. Lá se fazia pic nic, refrescava a cerveja e refrigerantes nas águas do córrego que nasce em seu interior. A criançada corria sobre as pedras do tanque principal, era uma festa.
    Naquela época o Horto Florestal era bem cuidado….caprichosamente, pela CMNP.
    Assim como minha família, outras milhares de famílias também ia até o Horto para desfrutar de um domingo agradável. Só tinha o Horto como área de lazer naqueles anos.
    Passou-se o tempo, começaram as brigas políticas e o Horto foi fechado.
    Hoje, para reabri-lo, é necessário a intervenção do Ministério Público sendo necessários acatar suas determinações – cercar o lago.
    Ora, naqueles anos 50, o lago servia para refrescar os pés, para a molecada correr em seu entorno e, nunca vi e ouvi que alguém tinha caído em seu interior.
    A sociedade brasileira mudou, tenho minhas dúvidas se foi para melhor.
    O que se nota é que o Estado brasileiro quer tutelar e proteger seus cidadãos em excesso e só acaba atrapalhando.
    O pior que quer tutelar e tutela mal, e quer proteger e protege mal, parece que hoje somos todos irresponsáveis e vem o Forte, Impávido e Colosso querendo segurar as mãos de todos. Parece que o brasileiro nunca cresce!
    Então venho aqui humildemente, sugerir que as autoridades competentes, somente determine a colocação de uma placa: Senhores pais, a responsabilidade pela sua segurança e de seus filhos é intransferível. Portanto, transforme seu dia aqui em momentos de encontros, risos e descontração. Cuide-se!
    Então….vamos abrir o Horto Florestal. Assim, muitos como eu, já avançando nos 70 anos, poderemos voltar lá e recordar os bons momentos que lá passamos.

  3. a edição de O Diário de hoje tem os detalhes da reunião. Enquanto uns babavam no parklet, o jornal estava na prefeitura e ouviu o outro lado da história, a CMNP.

  4. Nunca aconteceu nada de ruim lá no horto, pois os pais eram responsaveis pelos filhos que iam lá brincar…..Sem falar no viveiro maravilhoso de flores que tinha lá dentro, onde se podia comprar mudas….eterna saudades….tudo muito lindo.

  5. Precisamos do Horto Florestal, não só para matar saudades, mas para o nosso bem. sou pioneiro ,quando jovem brinquei muito no Horto. Todos os domingo bonito era de se ver as família irem passear passavam o dia todo no horto. Quantos jovens namorados que a vida começou ali. Hoje são famílias prósperas que pedem o retorno do horto.Meu nome é Rosnei Oliveira moro em Maringá desde 1950.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>