Acusado, suspeito, matador

tiros

O politicamente correto na mídia às vezes irrita. Os jornais de Maringá tratam o homem que matou um pai de família, numa pacífica manhã de domingo, como “acusado de homicídio” e “suspeito de abrir fogo”.

Os manuais de redação ensinavam que a pessoa era suspeita se não houvesse prova. Neste caso, há imagens, arma e admissão – o que, de acordo com os velhos manuais, autorizaria chamá-lo de matador. Assassino recomendava-se somente depois da condenação judicial.

Angelo Rigon


22 pitacos em “Acusado, suspeito, matador

  1. UM BANDIDO QUE PODERIA TER FEITO UMA CHACINA, MAIS OUTROS 5 PAIS PODERIAM TER MORRIDO, AGORA VEM ESSE ADVOGADINHO DIZER QUE O MONSTRO TEM PROBLEMAS PSICOLÓGICOS E ORIENTA O ANIMAL Á FAZER ¨CARAS E BOCAS ¨COMO SE FOSSE DOIDO, CADEIA PRA ESSE VAGABUNDO É POUCO.

  2. UM BANDIDO QUE PODERIA TER FEITO UMA CHACINA, MAIS OUTROS 5 PAIS PODERIAM TER MORRIDO, AGORA VEM ESSE ADVOGADINHO DIZER QUE O MONSTRO TEM PROBLEMAS PSICOLÓGICOS E ORIENTA O ANIMAL Á FAZER ¨CARAS E BOCAS ¨COMO SE FOSSE DOIDO, CADEIA PRA ESSE VAGABUNDO É POUCO.

  3. Como sabemos. Se fosse um maloqueiro de periferia já estaria sendo entrevistado quando chegasse na delegacia, seria chamado de monstro e tudo o mais. Porém…

  4. Acho que sou politicamente incorreto pois em um caso deste devíamos utilizar aquela lei “olho por olho, dente por dente” execução sumária…….pois a sociedade vai gastar tempo e muitos recursos para preservar essa “espécie” ….enquanto a família enlutada sofre e vai sofrer por um longo período…….

  5. Fazer igual a os cartéis no méxico ! Atear fogo nesse lixo, apagar com extintor, atear fogo novamente, , e apagar.
    Fazer isso até ele morrer agonizando !!

    • Também acho. Obrigar esse pedaço de merda a trabalhar dez, doze horas por dia, acorrentado e sem contato com a sociedade, e com uma dieta de baixas calorias. Esse purgatório já serviria de alerta pra muitos como ele. Agora, vai alegar insanidade, vai pegar uma pena moderada e deve sair em uns cinco anos, com tornozeleira.

  6. Há muitos sádicos comentando aqui. Aquela que é cega e segura uma balança o julgará. Após esse trágico acontecimento será que o atendimento por parte dos proprietários da casa de carnes será que melhorou?

    • Rapaz, se por causa de atendimento de estabelecimento comercial for ruim pessoas começarem a morrer, não vai sobrar gente no mundo! Cada coisa que eu tenho que ler! Nada justifica a atitude dele! Nada! Só é razoável ceifar uma vida humana no caso de legítima defesa ou estado de necessidade e ainda olha lá! Agora só porque fui mal atendido em um lugar, vou voltar e atirar dentro de um estabelecimento?!? Acho que você deveria estar preso junto com ele. Pelas suas palavras é inadmissível um sujeito com pensamento igual o seu conviver em uma sociedade, visto que diariamente enfrentamos diversos dissabores! Sim, quer viver sem se estressar vai pro meio do mato!

    • Por acaso bom ou mau atendimento é justificativa para o crime..??? Se fosse sua esposa e seu filho que tivessem morrido você teria o mesmo pensamento?
      Pelas reportagens, funcionário e proprietários do estabelecimento foram até o enterro da vítima. A família do criminoso foi? Ofereceram ajuda para aquela família que era dignamente sustentada por aquele Homem, que teve a vida ceifada por um covarde? Muito irresponsável seu comentário, deveria um pedido de desculpas à família.

  7. SE A JUSTIÇA NAO FOSSE TAO CEGA ELE TEM UM BOX NO CEASA NAO TEM ,DEVERIA AJUDAR A FAMILIA QUE DESTRUIU COM UMA RENDA MENSAL NAO ELE RECEBER DO ESTADO MAS PAGAR .

  8. A familia dele nao foi ao velório porque não teria clima creio eu, são pessoas boas, altamente religiosas, independente da religião. Creio que ate devem ter o interesse de ajudar, mas resta saber se será aceito, e também haverá o momento certo para tal questão. Uma ida ao velório poderia gerar revolta por parte de outras pessoas, mesmo não tendo a família culpa pelo ocorrido desse indivíduo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>