‘Maringá’ é cassado

Valdeir

Por 15 votos a 0, 15 votos a 0 e 11 votos a 4, a Câmara de Arapongas aprovou na noite de ontem, em sessão extraordinária, a perda de mandato parlamentar do vereador Valdeir José Pereira (PHS), o Maringá. Nascido em Maringá, em 1968, ele exercia seu primeiro mandato de vereador.

A votação do projeto é parte que consiste na finalização do processo do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, o qual teve início com a instauração do processo administrativo disciplinar, depois de acatada notificação do Ministério Público.
Maringá foi preso temporariamente em 9 de maio passado, durante uma operação do Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado, e deixou a cadeia quatro dias depois. A mesma operação prendeu empresários de Maringá e Mandaguari. Acusado de fraudes em licitação, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, agiotagem, advocacia administrativa e sonegação fiscal, ele foi afastado da Câmara por uma decisão judicial.
De acordo com o Ministério Público do Paraná, o ex-vereador manteve um contrato superfaturado para a digitalização do acervo físico da Câmara, e recebeu pagamentos mensais de R$ 22 mil em propina, em 2015 e 2016. Valdeir responde ao processo em liberdade e passou a colaborar com as investigações. (Via Dia a Dia Arapongas)

Angelo Rigon


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>