“Um dia histórico”

A Câmara dos Deputados aprovou ontem o projeto que cria o Programa de Financiamento Preferencial às Instituições Filantrópicas e Sem Fins Lucrativos, o “Pró-Santas Casas”. Pela proposta, os bancos públicos terão linhas de crédito para hospitais e Santas Casas que atenderem a pacientes do Sistema Único de Saúde. O programa terá R$ 2 bilhões de recursos por ano e os valores constarão do Orçamento da União.

O limite de crédito para cada hospital será equivalente a 12 meses de faturamento dos serviços prestados ao SUS ou ao valor da dívida das instituições com operações financeiras – a opção que for menor. Como o projeto já foi aprovado pelo Senado, ele segue direto à sanção presidencial.
O deputado Edmar Arruda (PSD-PR) destaca que as Santas Casas terão acesso a linhas de crédito com juro de apenas 0,5% ao ano para que possam capitalizar a instituição e fazer com que o atendimento seja ainda melhor para os usuários do SUS. “É um dia histórico. Os benefícios serão para as Santas Casas e para todo o povo brasileiro”, vibra o parlamentar, lembrando que o projeto foi aprovado justamente no dia em que se comemora o Dia Nacional das Santas Casas.

Angelo Rigon


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>