Rossi deve retomar candidatura a deputado, agora no Podemos

Alvaro-Rossi

O Podemos deverá ter entre seus candidatos a deputado federal o empresário Edenilso Rossi Arnaldi, que adiou o sonho da candidatura por 4 anos após ter sido preso numa operação do Gaeco, acusado de repassar R$ 200 mil de propina para um diretor do Tribunal de Contas do Paraná. Na época ele era presidente do PSD de São José dos Pinhais e tesoureiro da executiva estadual.

Rossi vem a ser o dono da Sial (terminal intermodal, objeto de CPI na Câmara de Maringá) e sócio do ex-prefeito Carlos Roberto Pupin, além de ser amicíssimo dos irmãos Barros, tendo financiado as duas campanhas de Silvio Barros II, que inclusive usou durante algum tempo um Cruze que pertencia à empreiteira, a mesma que finalizou sua mansão no condomínio Parthenon. Silvio e Rossi são alvos de investigação do Ministério Público Estadual no caso que apura o sumiço de documentos do município que estavam em mãos do ex-prefeito.
Um dia depois do lançamento oficial do Podemos, o empreiteiro ganhou elogios do jornalista Pedro Ribeiro, que o identificou como “Arnaldi Rossi” – possivelmente o nome que usará na campanha eleitoral de 2018.
Depois de dizer que acompanha e admira Alvaro Dias, “principalmente pela sua posição firme e contrária em relação às pessoas e instituições que procuram tirar proveito próprio às custas dos cofres públicos”, manifestou interesse “em participar mais ativamente da política em especial agora, quando surge no país, enfim, um partido – no caso o Podemos – que lhe parece efetivamente voltado às causas nobres da sociedade brasileira”. (Foto: Paraná Portal)

Angelo Rigon


26 pitacos em “Rossi deve retomar candidatura a deputado, agora no Podemos

    • Rabo preso? E a foto mostrando o Rossi ao lado do Álvaro?
      Claro…vão precisar de patrocínio na campanha…e este deve ser um dos motivos…ou seja…nada muda na cabeça destes políticos…e assim caminha a humanidade….

  1. TAVA MUITO BOM PRA SER VERDADE .
    PARECE QUE O PODEMOS ESTÁ SENDO TOMADO DE ASSALTO ???
    ALVARO DIAS PERDE MUITO COM ISSO.
    ATÉ PARECE QUE O “ARNALDI ROSSI” BUSCA IMUNIDADE PARLAMENTAR. TUDO WIE O SENADOR DIZ SER CONTRA.

  2. Tudo indica que o Alvaro acaba de perder meu voto.

    Um partido que aceita qualquer um, sem olhar a
    ficha da pessoa não é um partido sério.

    Emtão, um voto a menos.

  3. não adianta,não tem partido serio mesmo…não adianta,os politicos mudam de partido é para se acomodarem,e vem mais dinheiro publico para sustentar esses partidos,em vez de acabarem cada vez mais partidos surgindo,parecem galhos para macacos pularem

  4. Esse aí é tal do PODEMOS, que diziam que iriam revolucionar a política, onde tem o Edenilson Rossi, golpista em obras públicas do Paraná é também padrinho político do Quinteiro!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>