Sob protestos

Casamento

O site Brasil de Fato destacou que o casamento da deputada estadual Maria Victória Borghetti Barros (PP) com o advogado Diego da Silva Campos teve bem mais participantes do que o planejado pelos noivos.

Além dos cerca de mil convidados, centenas de manifestantes ocuparam a região do Largo da Ordem, Centro de Curitiba. A concentração foi maior em frente à Igreja do Rosário e ao Palácio Garibaldi, locais da cerimônia religiosa e da festa, respectivamente.
A deputada é filha de Ricardo Barros, ministro da Saúde do governo Michel Temer, e de Cida Borghetti, vice-governadora do Paraná, também do PP.
O protesto foi contra as reformas trabalhista e previdenciária, ambas apoiadas pela família Barros. A ação também denuncia a ilegalidade cometida pela deputada Maria Vitória, que instalou uma fachada anexa ao Palácio Garibaldi, prédio histórico, sem autorização prévia.
A ação começou por volta das 18h30, com batucada, faixas como a frase “Deputada do camburão tem casamento ostentação”, “Viemos brindar a sua boa vida”, e palavra palavras de ordem como “Golpistas”, “Fora Beto Richa” e “Chega de deboche, eu quero o meu brioche”. (Foto Girogia Prates)

Angelo Rigon


30 pitacos em “Sob protestos

    • Será que os guardas-chuva seriam pra protegê-los da chuva de ovos?!!! Que deprimente! Que o povo volte a se manifestar nas urnas e mostre a eles que não engole mais tanto descaso, ostentação. Família Barros: a casa tá caindo….

    • Acontece que a noiva , AQUELLA QUE NUNCA MAIS SE ELEGERÁ, é precavida: sabia que levaria uma chuva de ovos e de tomates e ai, encomendou os guarda chuvas. Tomates, não levou – pois o preço tava caro, mas para a coitadinha, DINHEIRO NÃO ERA PROBLEMA e fez a festa ostentação, COM DINHEIRO QUE GANHA EM EXCESSO NA AL DO PARANÁ e naturalmente com outros “recursos” que só o capeta sabe.

  1. ambrosio brambilla diz:

    O pai tem um dia importante, está casando a sua filha, independente de politicagem ele é pai, ela é o seu orgulho, é a sua filha.
    Daí chega essa pelegagem e destrói o casamento, LAMENTÁVEL.

    • E a pelegagem que destrói direitos? A luta não tem hora, meu caro. Tirar remédios e atendimento do SUS pode a qualquer hora? Rasgar a Lei Áurea pode? Fazer do Judiciário a sua própria casa, pode? Se quer ter e receber respeito, que respeite também. Viva o povo colorido! A filha também é culpada na medida em que destrói a vida de trabalhadores e pisa nos professores e demais servidores. Não quer ser vidraça e nem alvo para tantos ovos? Que proceda com honradez e respeito às leis e gentes do Brasil!

    • O que não é direito é o povo pagar a conta desse circo absurdo, dessa ostentação desmedida e egoísta, quando tantos estão sem trabalho, não tem acesso à saúde que é precária, aos medicamentos, a educação, saneamento básico e tantas outros direitos pelos quais pagamos, com impostos extorsivos.
      Culpa de uma horda de aproveitadores, inescrupulosos e incompetentes que trocam seus votos por favores em troca de ajudar os políticos corruptos a enganar, a população que também se vende e aos seus votos em troca do que lhes é de direito: uma consulta médica, uma vaga para o filho na creche, um medicamento, cesta básica e etc……….

    • Me desculpe a intromissão, mas em plena crise que o Brasil tá passando, fazer um casamento desses é realmente revoltante. Manifestação justificada, não só pela crise, como pela participação da deputada na votação contra os professores, em Curitiba. Referindo-me a Maringá, que, por anos e anos elegeu e levou essa família a esse patamar, a população recebeu o troco em forma de desprezo, indiferença e ingratidão, com esse casamento sendo realizado em Curitiba e não em Maringá, onde essa família nasceu e “cresceu”. Além, é claro, de desprezar a cidade de nascimento que tem lugares maravilhosos para se realizar um casamento, desprezaram toda uma leva de comerciantes/profissionais/aviação, etc., que poderiam ter sido agraciados com algum lucro desse casamento nessa crise, pois, como informaram ao Rigon, só da parte dos Barros foram gastos 2 milhões (que poderiam ter sido gastos no município! Lamentável que maringaenses ainda defendam isso!

        • ambrosio brambilla diz:

          O dia que sua filha se casar, você lembra disso.
          Se a política está em primeiro lugar para você, és também uma pelego.
          O evento era familiar e não político.

          Ps. Não estou defendendo o político, e sim a família.

          Porém, para os Petebas tudo vira lixo, como deixaram o Brasil.
          Cambada de gente sem noção.

          • Sr., a partir do momento em que a agora sra. Maria Victória se elegeu deputada, ela passou a ser “pessoa pública”, assim como seus pais e tio. E pessoas públicas estão sujeitas a essas manifestações. Ou o sr. esqueceu o que fizeram com a presidente Dilma Rousseff antes do impeachment? E logo depois, num restaurante privado em SP? Esqueceu o que fizeram no casamento do sr. Roberto Kalil, médico da Sra. Dilma? Ela também é uma pessoa pública e era a autoridade máxima do país, mas estava em um evento familiar. O que fizeram com Chico Buarque , pessoa pública também – e um dos maiores representantes da música brasileira – em um jantar privado. A agressão do Senador Lindbergh Farias e esposa também em um jantar. Jo Soares teve a sua casa pichada e foi xingado nas ruas só por ter entrevistado a presidente. Como o sr. vê, todas foram situações privadas, eventos familiares, e não públicos. Portanto, não é coisa de um só partido, como o sr. alega, e sim de todos os cidadãos que se revoltam contra políticos. E, como o sr. pode ver, não estou defendendo políticos e nem partidos, mas os seres humanos e famílias que foram agredidos, da mesma forma que a sra. Maria Victória. Lamento pela deputada e família, mas acho que pelego e sem noção é o que o sr. está demonstrando ser aqui!

  2. Inventaram uma ação policial nas proximidades justamente para ocasião, pra ficarem em QAP. Li outra notícia que um ônibus de ajuda a moradores de rua que estaria na praça próximo ao casamento quebrou e por isso não pôde estar lá. Além de nos dar um tapa na cara com uma estrutura em um prédio tombado utiliza-se da máquina pública. Aí palhaços Maringaense se deslocam até lá pra participar desse circo. E essa marmota de ministro importando medicamento para tratamento de crianças com câncer que não faz nenhum efeito.

  3. Bobao / Trouxa / nao sei nada diz:

    Guarda chuva pra se proteger dos ovos que foram atirados nela .

    Politico faz de tudo pra se aparecer !

    O Raca !

    Disse que teve convidado que sai CAGADO de tanto medo da festa !

    Gente chik nao faz festa desse tipo e sim algo privado !

  4. A filha vota contra os trabalhadores do estado, que perdem sua aposentadoria e ainda tem gente defendendo a deputada? Devia era esttar perguntando quanto pagamos por essa festa? Se o património histórico que eles danificaram será recuperado. Mandam a polícia, paga com dinheiro público, fazer segurança particular. Também pagamos essa conta. Ah, mas tem gente preocupada com a”dor” do pai.

  5. Esse cara chamado de Ambrósio, é um chupeteiro idiota, a população tá se manifestando é pela arrogância da família e o dinheiro público que supostamente está sendo gastado com essa ostentação ridícula, totalmente fora de ora e ainda a moda antiga, digo cafona, com mais de 1200 convidados, parecendo uma quermesse de igreja!!!

  6. Policial, pro casamento?
    Inacreditável esse país, os políticos são privilegiados, de todas as formas eqto quem paga a conta, morre nas filas de hospitais e com a falta de segurança.
    As pessoas não tem nem segurança nas ruas!
    Que loucura!

  7. evento de partidos, um casamento?
    se fosse apenas uma cerimônia de casamento teria sido melhor

    evento de partidos….oras…..oras….

    agora casamento é eventos de partidos…era só o que faltava, só falta dizer que é tudo arranjado, o casamento, casamento de partidos….

  8. ambrosio brambilla diz:

    Me divirto com vocês.
    Nunca fui partidário do Ricardo Barros, porém, jamais vou descer ao nível dessa Petezada.
    Se enxerga gente, é nítido a diferença de pensar, ser, existir e de comportamento de vocês com o resto do povo.
    Acabou para PT, para os comunistas. restou apenas os desordeiros, os apeladores de ofensa pessoal.
    O PT nunca foi nada, quem sempre mandou no Brasil foi o PMDB, Lula era apenas marionete.
    Fica Temer, acabe com o Joesley, com o Janot, com os blogueiros vermelhos, com os sindicatos, com o MST, CUT, etc.

  9. ambrosio brambilla diz:

    Quer discutir política comigo ? faça como eu:
    Primeiro coloca seu nome verdadeiro, sai do anonimato, deixa de ser covarde.

    Só pra você refletir:
    O PT nunca mais vai ganhar nada, e se ganhar nunca mais terá a maioria no congresso, portanto, não governará.
    O PT ficou nanico com o PCdoB, PCC, e só.

    Nós vivemos num regime semi-parlamentarista, portanto, aceita o fim do PT que dói menos.

    • Cidade De Vileiro Ignorante diz:

      Ô cabaço, suas previsões só servem pra reafirmar seus valores de chupeteiro iludido e paga-pau de rico, coisa que você não vai ser. Vai morrer gritando com o monitor e cagando no teclado pra defender uma classe que não dá um peido por você ou qualquer um como nós. E outra: discutir política com um pau de bosta que apóia e se esconde atrás de um zero à esquerda, um zé ruela sem berço nem futuro como Negrão Sorriso? Vai te catar, seu pau de bosta de fundo de vila!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>