Ele quer o Podemos

O ex-prefeito Carlos Roberto Pupin quer deixar o Partido Progressista. Ele avaliou que ali será difícil a disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa ou na Câmara Federal.
Ex-amigão de Osmar Dias, está atrás do grupo do senador Alvaro Dias para assumir a coordenação do Podemos na região de Maringá.

Angelo Rigon


40 pitacos em “Ele quer o Podemos

  1. O Pupin traiu o amigo Osmar Dias para se aliar o Ricardo Barros, não prestigiou o Carlão no tempo que foi prefeito, agora quer chegar e sentar na janela?

  2. A VERDADE: O Carlão estava batalhando a presidência do PTN (PODEMOS), a muito tempo, bem antes do Álvaro Dias sinalizar que entraria no partido, foi uma surpresa para ele, agora que o partido está tomando proporções enormes, todo mundo quer tirar o partido dele, não é só o Pupin não, tem até “amigos” dele mexendo os paus para tirar o PODEMOS dele, se tirarem, será muita sacanagem, pois quando o partido não era nada, ninguém queria. Esperamos que os presidentes da nacional e estadual, e até mesmo o Álvaro Dias, não permitam que tirem o partido daquele que está batalhando a tanto tempo, a entregar para aproveitadores.

  3. Esperamos que Osmar Dias não se esqueça da trairagens desse cara sem palavra, falso e incompetente e não manche a candidatura dele e de seu irmão Álvaro Dias, porque se aceitarem esse homem do lado deles, perderão votos e o respeito que construíram até aqui. Não juntem-se aos covardes. Estou aguardando, se juntarem-se, não acredito mais em nada! Priscilla – Funcionária Estadual.

  4. Mateus Goulart da Rocha diz:

    Não, não permita que ele se aproxime, Álvaro Dias! Se isso acontecer, eu e minha família, faremos campanha contra . Álvaro , não tire nossa esperança de mudanças. Ele é vira casaca!

  5. Pupin, sai de cena! Vai cuidar das sua fazendas, já provou que não sabe administrar, né? Deixou a chata da ex mulher à frente de tudo e deu no que deu! Não queremos mais políticos desse nível. PODEMOS, não permitam a entrada desse homem, pq se isso acontecer, o Álvaro que é um político sério e competente, vai se queimar. Eu e minha família, como o Matheus faremos campanha contra. Esse Pupin é sua ilustre primeira ex dama ex td vão p Florida, nos poupem , que já deu de vocês!

  6. ambrosio brambilla diz:

    Só para informação.
    Eu me desliguei do PSDC em 2016 por vários motivos:
    1-O candidato maior do partido Sargento Fahur preferiu ficar fora da disputa municipal.
    2-Eu acertei para o Fahur ser secretário do governo Beto Richa, Fahur não quis.
    3-O Carlão, Presidente do PSDC entregou depois o partido fechado para o RIcardo Barros. Inclusive para RB pagar as mensalidades do partido.
    4-Entrou no PSDC um militar e grudou no Fahur no intuito de se aproveitar e sair candidato a deputado estadual.
    5-Fahur não quis fazer base eleitoral em Maringá, participando diretamente das eleições municipais nem como vice.
    6-Sem base eleitoral em Maringá, (40 mil votos) com partido pequeno onde dificilmente alguém vai querer coligar com o Fahur, achei que ficaria difícil para ele atingir 100 mil votos. (acho que ele vai ficar na suplência de novo)
    7-Achei que o Fahur perdeu o bonde, principalmente porque só ouvia partidários que não tem maturidade política.
    8-Fui trabalhar na Câmara, mas foi por dinheiro e não por ideologia.
    9-Não me arrependo de nada, inclusive quando arrumei um cargo para o Carlão na prefeitura.
    10-Mas ainda penso que Fahur está nas mãos de amadores. Mesmo assim, desejo boa sorte a todos, torço pelo Fahur, um bom homem para ser deputado Estadual.

  7. Carlão Maringá diz:

    Para informação: O PSDC decidiu apoiar o Silvio Barros por decisão do grupo do Fahur da qual o meu amigo Brambilla estava junto, participando das decisões. Eu nunca decidi nada sem a autorização do grupo. Desde o primeiro dia que peguei a presidência de PSDC, o Ambrósio esteve junto, em todas as decisões, inclusive na decisão em qual candidato apoiar, a prova disso ele mesmo disse, pois realmente ele intercedeu junto ao Ricardo para uma vaga de trabalho para mim, na qual agradeço muito. O PSDC apoiou Silvio Barros na eleição de 2016 somente, hoje o partido é livre, leve e solto, acabou as eleições, acabou a união, o partido nunca foi entregue a ninguém….ha sim, a executiva continua devendo mensalidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>