Supremo brasileiro

De Leandro Mazzini, na coluna Esplanada:

Resumo da Ópera
Em dois dias, o Supremo Tribunal Federal avalizou liberdade total para Joesley Batista, no plenário; e em decisões monocráticas ministros livraram Rocha Loures da cadeia e Aécio Neves do pedido de prisão – o reconduzindo ao cargo. Os togados saíram de férias e assim evitam cobranças do povo e da mídia na porta do plenário da Corte.

Venda nos olhos
Essa é a mesmo Suprema Corte que em decisão unânime endossou indulto da então presidente Dilma Rousseff e perdoou as penas de todos os políticos condenados no Mensalão do PT.

Acinte de toga
A nova Lei Orgânica da Magistratura, em gestação no STF, prevê absurdos em meio à crise político-econômica e o esforço do teto de gastos. Entre os privilégios, o texto dá auxílio-transporte de R$ 1,4 mil; auxílio-creche & educação também a R$ 1,4 mil, cada.

E tem mai$
O prêmio por produção de magistrados pode chegar a R$ 58 mil por ano; auxílio-alimentação a R$ 1,4 mil; auxílio-capacitação a R$ 5,5 mil, além de adicionais por serviços e aumento no auxílio moradia, atualmente pago em R$ 4.377,73.

Angelo Rigon


6 pitacos em “Supremo brasileiro

  1. Nojo do BRASIL. Um país onde se pede mais educação e foi governado por um analfabeto. Pede-se justiça e o STF defende e liberta os bandidos. Pede-se segurança e muitas quadrilhas são comandadas por policiais. Pede-se mudanças e eleitores votam nos mesmos políticos que destroem o Brasil.

  2. Sinto vergonha destes Ministros que não honram o função que exercem. Rocha Loures carregando uma mala, filmada, compravado, este Senador Mineiro ladrão, desonrando o nome do avô, chamado Aecio Neves, alem de não ser preso, volta ao senado, VERGONHA, só ficam presos quem rouba chocolate em supermercado. NOJO.

  3. Politicos estão certos.Errados somos nós, eleitores que os colocamos lá, e além disso coloca caneta cheia nas mãos , para que assinem o que quiserem.E o mesmo que colocar chicote nas mãos de carrasco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>