Cidadão benemérito

Ali Wardani

A Câmara de Maringá realiza sessão solene amanhã às 19h para homenagear o empresário Ali Wardani com o título de Cidadão Benemérito de Maringá. A proposição foi do vereador Mário Verri (PT) e dos ex-vereadores Márcia Socreppa (PMB) e Humberto Henrique (PT).

Ali Saadeddine Wardani nasceu no Líbano em 1951, chegou ao Brasil, junto com sua família, em 1961. A família mudou-se para Maringá em 1967. Ele se formou em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Maringá em 1981. Na cidade, fundou e foi presidente da Sociedade Beneficente Muçulmana.
O homenageado foi diretor da Associação Comercial de Maringá, da Sivamar e teve participação na fundação da diretoria do Sicoob, também integrou o Conselho de Segurança de Maringá e do Codem.
Ali é casado com Jamili Ahmed Abou Nouh Wardani e eles têm dois filhos Hussein Ali Wardani e Samia Ali Wardani.

Angelo Rigon


10 pitacos em “Cidadão benemérito

  1. Quantos títulos a câmara tem que dar para agradar essa gente? Chega a ser ridículo isso. Quando será que teremos um legislativo comprometido com o cidadão que paga impostos e mereceria ter um retorno mínimo?

    • Não vejo nada de errado em homenagear quem realmente sempre trabalhou com afinco e honestidade, não só pelo seu segmento que representa como para o crescimento da cidade. O título concedido é mais do que justo.

  2. Acho o Wardami, um cara muito seco, ao contrário de seu pai, um Homem afável e meigo. Mas nada contra, o empresário tem os seus valores e suas qualidades e gera renda, empregos e progresso para a cidade.

  3. Camara municipal sem ter o que fazer. Porque nao vao atras de criar projetos que realmente beneficiem a população? Não é pra isso que existe a camara de vereadores?

  4. Custa-nos muito caro, enquanto cidadãos, pagar essa turma pra dar nome de ruas e homenagear empresário e gente bacana.
    Fazer projeto autorizando executivo a celebrar convênios e afins.
    Fiscalização do executivo é relativa e exercida com muito mais rigor pelo Tribunal de contas, que também deve nos custar bem caro.
    Afinal, precisamos mesmo dessa despesa toda ?

  5. É claro que a atuação das Câmaras deve ir muito além da concessão de títulos a entidades ou pessoas, mas quem vem acompanhando os trabalhos da atual legislatura municipal sabe muito bem o quanto eles estão trabalhando. É claro que tem algumas discussões inúteis, como a questão do “cachorro quente”, mas no andar da carruagem a atuação da atual câmara tem sido positiva, apesar de ter alguns vereadores mais preocupados em fazer palanque.

  6. Marcelo, aproveitando o seu comentário, porque será, que ninguem dá titulos para pobres, sem nome conhecido, trabalhador braçal, que na maioria das vezes tem uma familia numerosa, que criou lutando, fazendo deles cidadão do bem?Estas pessoas são invisiveis por não ter nome conhecido?Tem que ser empresário ou autoridades?sai fora, bando de desocupados……

  7. Câmara Municipal hein…só coisa boa: Mudança de nome de logradouros, lanche típico oficial, títulos beneméritos…pensa em um trabalho árduo…ehlaiá!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>