Uma participação polêmica

Desfile2

No desfile do aniversário de Maringá, além das vaias à vice-governadora Cida Borghetti, chamou a atenção a participação do Unicesumar, em formato de enredo de escola de samba.

O reitor Wilson Matos, ex-suplente de senador e ex-presidente do PSDB local, foi o homenageado, com direito a faixas (“De catador de garrafas a reitor”), máscaras e displays, além de carros alegóricos.
Enquanto para alguns a autopromoção cheirava a aspiração política, em outros o exagero provocou constrangimentos. O edital para participação no desfile de aniversário da cidade, em 2018, deverá estar mais rigoroso.

Desfile1

Desfile3

Desfile4

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

12 pitacos em “Uma participação polêmica

  1. Até quando o sr Wilson esperará uma vaguinha novamente. Acaba sendo ridículo. Já tivemos em Maringá um eterno candidato a prefeito, mas, era outra condição. Até quando?

  2. A necessidade de aparecer e tanta que o sujeito chega ao ponto de obrigar o outros ao ridículo , por máscara com sua cara seria no mínimo um narcisismo.
    Realmente de uma infelicitude descabida.

  3. Professor Adilson diz:

    Pelo menos a Unicesumar botou a cara no desfile
    Onde aparece a UEM e as escolas estaduais que viraram as costas para homenagear no desfile os SETENTA ANOS de nossa querida Maringà
    Sò querem saber de fazer greve e reclamar de seus salários
    Reclamam seus direitos mas nâo cumprem seus deveres
    Falta total de respeito com a população maringaense

  4. Comentou bem quem lembrou das escolas tipo UEM e colégios. Mas faltou lembrar também que o orçamento estadual disponível para manter escolas e a motivação dos professores para lidar com políticos não é a mesma do Sr. Wilson que faz a vida pela politicagem.
    Pedir bom senso a esse senhor Wilson é como pedir educação a um cachorro. Ele é adestrado pela ganância. Suas ações empresariais e pessoais são sempre interesseiras.
    Ele não topa a verdade, não é íntegro. Sua vida e discurso são opostos à sua prática. Talvez essa seja sua principal virtude para se dar bem vendendo o que vende.
    Falta-lhe a cultura para saber que prestou-Se a um papel deprimente. Que Belo retrato dos maringaenses e seus comerciantes ele nos pintou!

  5. Por favor não comparem a UEM com CESUMAR, a história mostra a solidez de uma instituição, mesmo com os poucos recursos nestes últimos 30 anos a UEM se manteve entres as melhores do pais e do mundo, agora imaginem se a UEM tivesse nesses últimos 10/20 anos recebidos o FIES??????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>