Audiência pública

Guardador de carro

No próximo dia 18 às 17h30, acontecerá na Câmara de Maringá uma audiência pública sobre os guardadores de carros, promovida pelo vereador Jean Marques (PV) e a Escola Legislativa.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

10 pitacos em “Audiência pública

  1. machistasOTARIOS diz:

    Eu acho das 2 pelo menos uma.
    Ou pagamos flanelinha ou pagamos “estar”.
    Pois tem inúmeros lugares que tem que pagar os dois.
    Se não pagar “estar” tem multa.
    Se não pagar flanelinha trem carro riscado/roubado pertences

  2. Olha só, a gente apostando todo mundo num vereador do PV e a grande surpresa do legislativo tem sido o outro vereador do PV, trabalhando de verdade e buscando a solução dos problemas da cidade e não ficar discutindo com blogueiros na rede.

  3. Daria preferência de trabalho aos idosos e pessoas com algum tipo de deficiência. Mesmo assim cadastrados e com pagamento voluntário.
    O que tem hoje é um monte de folgado que não quer trabalhar e achacam o cidadão.

  4. Flanelinha nenhum é aceitavel de pagar. Todos pagam a esses extorquidores por ter medo de ter o veiculo riscado ou roubado. Isso é um absurdo. A guarda municipal, os policiais militares e até os guardas do setran deveria fiscalizar isso. É um absurdo isso.

  5. Parabéns pela iniciativa, Vereador Jean. Parabéns também pra Escola Legislativa. Fiz o estágio da comunidade no mês passado e fiquei surpresa em saber que tem esse setor dentro da Câmara com ações tão importante para o município. A câmara mirim, o parlamento jovem, o estágio, a feirinha de livro, as audiências públicas, inclusive teve a da pessoa idosa que eu não pude ir. Isso mostra que a Câmara de Maringá não é só politicagem, mas também está preocupada com a comunidade e fazer com que quem vá à Câmara receba uma atenção especial através dos funcionários que trabalham na Escola. Duas pessoas atenciosas, capacitadas, sempre prontos para ajudar.

  6. DETESTO E ME SINTO MAL- quando vejo um desses seres vindo em minha direção, me sinto constrangida demais, incomodada demais, a maioria são homens sacudidos que poderiam estar com um trabalho descente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>