Sessão ordinária

UEM

Hoje faz um mês que o reitor da UEM, Mauro Baesso, esteve na Câmara de Maringá chorando as pitangas, mas sem falar que aumentou em 260% os gastos com cargos comissionados em sua gestão. E, aponta leitor, faz 28 dias que a instituição produziu um release que chamou a sessão de “seção” e ainda não corrigiu o erro em seu site.

Angelo Rigon


Um pitaco em “Sessão ordinária

  1. ainda não foi divulgado a lista dos ccs?
    onde ela se encontra?
    gestão publica, fechada ao publico e estado?
    sabemos que diante atual realidade do país, do estado, a UEM vive privilégios com salários altíssimos, muitos benefícios e outros coisas, para uns mas tem.
    então, se a UEM chora as pitangas, o país, chora ABACAXIS, ABACATES, MELANCIAS, muitas outras necessidades, que chega a serem vitais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>