Uma CC que ficou

Exoneração-nomeação

Há entre os 119 cargos comissionados nomeados em janeiro passado pelo prefeito Ulisses Maia ao menos um que pertenceu à administração Pupin/Barros.

Trata-se da jovem Yasmine Cândida da Mata Mendonça, gerente executiva do Conselho Municipal de Desenvolvimento de Maringá, que passou a ocupar o cargo em outubro do ano passado; exonerada em 31 de outubro, ela voltou a ser nomeada para o mesmo cargo no último dia 16.
Aliás, por onde andava o Codem enquanto as administrações passadas faziam caca no parque industrial?

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

35 pitacos em “Uma CC que ficou

  1. Antônio da Silva Fagundes diz:

    Rigon… O pessoa do CACC controle de alcaguetagem dos cargos em comissão está fraco hein!!! Tem mais CC na parada… Aliás muitos. Tenho que dizer, eles trabalham e encaram o que os Barnabé s só fazem por FG. No mínimo 50℅. Como dizia o Dr. Said “esse povo ainda vai sentir saudades de mim”.

  2. O que tem de gente decepcionada com as nomeações do prefeito não tá escrito.Pena que nesta parte, ele não está cumprindo o prometido….Ainda dá tempo, se quiser de repensar os próximos quatro anos.

  3. Ulisses aínda cultiva esquemas do RB!
    Não desfez os esquemas dele!
    Inclusive o Nardi ainda usa a secretaria dele pra fazer contratos com os amigos dele!!
    Abre o olho galera!

  4. As indicações feitas pelo CODEM não foram censuradas pelo Prefeito. Cabe ao CODEM explicar o fundamento que levou o Conselho a indicar quem já havia sido nomeado na administração passada.

  5. Desculpe, tem mais um que esteve desde 2005 a 2009 com um vínculo celetista formal, e enquadramento funcional de procurador judicial, assessor jurídico, com carga horária de 40 horas.

  6. Aluno de filosofia diz:

    Olha só!
    Que ótima notícia!
    Excelente profissional e um currículo fora do comum. Eu acho que não melhor economista que ela em Maringá.
    Parabéns Yasmine!
    Aos curiosos olhem o CV dela no Linkedin e no Lattes…

  7. E triste esta politicagem “burra” onde servidores de carreira REPITO, servidores de carreira não serem aproveitados na administração, eles não tem culpa desta burrice politica dos candidatos A e B….então a atual administração importa CC’s de fora do quadro e até de Maringá….Isso é valorizar o servidorer Sr. Prefeito?

    • Servidor SEMOB s/FG diz:

      A SEMOB tá dando exemplo então, porque lá 90% ou mais, as chefias são servidores concursados, inclusive o secretário Gilberto, que tem currículo e competência de sobra para gerir nossa secretaria.

  8. Diminuir o número é um avanço mas o ideal seria CC ZERO. Quem tem competência que seja aprovado em concurso. O prefeito quer pessoas capacitadas para funções específicas e para trabalhar apenas 4 anos em sua gestão? Faça Teste Seletivo de 2 anos prorrogáveis por mais 2. Pois analisamos uma situação: o profissional incompetente não passou no concurso da prefeitura. Também não passou no concurso do Estado ou outros órgãos públicos. Não teve competência para conseguir um bom emprego em empresa privada. Não teve competência (ou não tem perfil) para ser empreendedor e abrir sua própria empresa. Daí ele é agraciado com um cargo de confiança na prefeitura e passa a ganhar mais do que seu colega de profissão que teve competência para ser aprovado no concurso. E ainda tem regalias que seu colega concursado não tem. É justo?

    • Ricardo, isso aconteceu em uma secretaria onde o indicado politico “pelego” com uma semana colocou um servidor de carreira a disposição, servidor esse que foi treinado durante estes últimos anos, ai vem um incompetente e tira o servidor?

      Essa secretaria tem a ver com a segurança de catastofres em nossa cidade e região.

    • Concordo que não tem que existir CC´s… Tem que contratar os que passaram em concurso. Inclusive tem vários aguardando chamarem do último concurso.
      Alguém tem alguma novidade sobre isso?

      • Pesquise mais, saiba mais,erre menos diz:

        Qual o problema de entrar por concurso/processo seletivo/indicação, se o importante é que o servidor sirva ao município? Não interessa a maneira de contratação, mas sim os resultados de seu trabalho. Se contratação por concurso fosse tanta garantia de bons resultados, o Brasil seria exemplo de gestão de recursos públicos!

        • Típico discurso de quem não estuda e quer entrar na moleza…
          Uma pessoa que só é contratada pra servir o prefeito durante o mandato acaba não tendo compromisso nenhum em mostrar resultados. A preocupação é tentar reeleger o prefeito e não perder a boquinha.
          Mas concordo que somente entrar por concurso não é garantia de dedicação e bom atendimento, porém isso acontece em todo lugar, sempre vão ter bons e maus funcionários infelizmente.

        • O Brasil é! seu mau informado, o que acontece é que politicagem e ingerência de políticos temporário levam a instabilidade administrativa. A Petrobras através de seus servidores FOI e continuaria A SER uma das maiores e melhor empresa do mundo, mas graças ao indicados pelos maus intencionados políticos deu no que deu……

    • Pesquise mais, saiba mais,erre menos diz:

      Ricardo, regalias?
      Pela lei cargos comissionados não têm direito a estabilidade, nem a pagamento de FGTS – ainda que sejam descontados imposto de renda e inss na fonte. Além disso, não existem horas extras pagas para esses cargos. Podem ser exonerados a qualquer momento, sem direito a seguro-desemprego. Ainda estou buscando essas regalias, dentro da lei, as quais você citou, mas nada de encontrá-las.

      Além disso, precisa abrir mais sua mente, já que existem muitos cargos comissionados que tiram licença de seus trabalhos para servirem ao município – ou seja, não é por falta de opção de fazer outra função, mas na maior parte dos casos é justamente o contrário, por se destacarem como profissionais atuantes…

  9. Onde andava o Codem? Codem não é fiscal de obra pública, para isso existe Câmara Municipal, Observatório Social, Observatório das Metrópoles, a santa protetora de Maringá e Paiçandu Ana Lúcia Rodrigues, para isso existe Ministério Público. Se tem alguém que devia ter vigiado a prefeitura nesses 12 anos era cada cidadão.

  10. Vc é atual chupim, que não faz concurso porque não passa, só isso Não é motivo para rir, tanto é, que vc está no computador em horário de serviço.Autentico CHUPIM, PARASITA dos cofres publicos.

  11. Na semusp tem uma tal de iralice que panfletou pro 11 inclusive tinha adesivo imenso no carro . O incompetente do atual secretario a manteve no cargo e ela tá aqui perseguindo nos que apoiamos o ulisses. Sem contar no tal de brinquinho 11 rocho acabou de ganhar uma boquinha bem melhor do que a que tinha antes. Queremos esse povo fora. O secretario vagner nem da mais as caras aqui . O diretor fica cuidando vigiando a gente o dia todo. Fora iralicia e brinquinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>