Condenados

Os três acusados de terem matado o ex-secretário de Fazenda de Maringá, Luiz Antônio Paolicchi, foram condenados, agora à noite, ao final do julgamento no tribunal do júri; eles, porém, por enquanto, não vão ficar presos.

O ex-companheiro de Paolicchi, Vagner Ferreira Pio, mandante do crime, foi condenado a 14 anos; o pai dele, Valdir Ferreira Pio, a 8; Éder Ribeiro da Costa, o autor da execução, a 12 anos. (Foto André Almenara)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

11 pitacos em “Condenados

  1. Dizem que Paulichi andou baixando num centro ali perto do Parque Inga. E que ali no parque tem uns exemplares de gazelas, o animal preferido de Paulichi.
    Paulichi contou no centro que foi traido pelo namorado, que o enganou se dizendo um amante de carros modernos, destes com porta-malas especiais, e com a potencia que, engatando marcha-re, fazem manobras delirantes.
    Tambem que chegando ao ceu, entrou para a orquestra, e escolheu flauta para tocar, e so aceitou asas de anjos depois que lhe arrumaram penas de pavao, senao faria so careira solo por ali.
    O centro espirita pediu pra ele tocar algo com sua flauta, e ele escolheu e tocou aquela musica …eu me apaixonei pela pessoa errada, ninguem sabe quanto eu estou sofrendo……..

  2. se eu estivesse no corpo de jurados, os absolveriam
    um menino novo, matuto, envolvido por um espertalhão, falido, sujo, velho,
    malaco ,subjugando um jovem ,de olho na indenização do jovem, mantendo o mesmo prisioneiro no apto, obrigando ele a fazer o serviço doméstico, e ainda atender a devassidão na intimidade, sempre batendo no rapaz e o ameaçando
    com as amizades que tinha feito no presidio
    não justifica o crime, mas que o crápula mereceu , mereceu…

  3. Walter, a questão não é se ele merecia ou não! Ninguém tem o direito de tirar a vida, matou tem que pagar!! Por que ao invés de tentar ganhar a vida a assim, esse menino não foi estudar, trabalhar?

    • 1 Coríntios 6
      Ouvir
      1 Ousa algum de vós, tendo algum negócio contra outro, ir a juízo perante os injustos, e não perante os santos?
      2 Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas?
      3 Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida?
      4 Então, se tiverdes negócios em juízo, pertencentes a esta vida, pondes para julga-los os que são de menos estima na igreja?
      5 Para vos envergonhar o digo. Não há, pois, entre vós sábios, nem mesmo um, que possa julgar entre seus irmãos?
      6 Mas o irmão vai a juízo com o irmão, e isto perante infiéis.
      7 Na verdade é já realmente uma falta entre vós, terdes demandas uns contra os outros. Por que não sofreis antes a injustiça? Por que não sofreis antes o dano?
      8 Mas vós mesmos fazeis a injustiça e fazeis o dano, e isto aos irmãos.
      9 Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus?
      10 Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.
      11 E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus.
      12 Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.
      13 Os alimentos são para o estômago e o estômago para os alimentos; Deus, porém, aniquilará tanto um como os outros. Mas o corpo não é para a fornicação, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo.
      14 Ora, Deus, que também ressuscitou o Senhor, nos ressuscitará a nós pelo seu poder.
      15 Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo, e os farei membros de uma meretriz? Não, por certo.
      16 Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne.
      17 Mas o que se ajunta com o Senhor é um mesmo espírito.
      18 Fugi da fornicação. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que fornica peca contra o seu próprio corpo.
      19 Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
      20 Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.

  4. Agora o padeiro virou santo.Só porque queima rosca, é é novinho(*mas não é menor de idade) faz por que quer, e se alguem fosse alerta-lo ainda seria processado por homofobia.Logo, é assassino sim, interesseiro, foi viver com o morto sabendo o que tinha que fazer, o que o morto queria dele.Não é inocente coisa nenhuma.Não interessa quem foi o Paulich, foi um ser humano, a quem só DEUS poderia ter tirado a vida.Moleque safado, agora posa de anjo…..Todos devem pagar pelo que fez.Fácil perdoar, absolver, quando não é na familia da gente.

  5. Pio estudava, e trabalhava sim, mas foi seduzido, chantageado.coagido e ameaçado, espancado e obrigado a se casar em Londrina, pois tinha uma indenização trabalhista á receber.
    devia ter fugido menos matar… e ainda mais envolver outras pessoas
    não o condeno por sua opção sexual
    mas que o o cara mereceu morrer …mereceu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>